A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2017

08/10/2015 18:29

Homem que matou esposa grávida a facadas é condenado a 21 anos de prisão

Renata Volpe Haddad
Rodrigo esfaqueou e atropelou a convivente que estava grávida de 6 meses. (Foto: Arquivo/ Jornal da Nova)Rodrigo esfaqueou e atropelou a convivente que estava grávida de 6 meses. (Foto: Arquivo/ Jornal da Nova)

Rodrigo de Jesus Quintas 26, acusado de matar a esposa grávida de 6 meses, Joelma Regiane Calegari, 34, no ano passado, foi condenado a 21 anos de prisão. O caso aconteceu em Novo Horizonte do Sul, distante 329 km de Campo Grande e o julgamento aconteceu ontem (7) em Ivinhema.

Segundo informações do site Jornal da Nova, o julgamento durou quase seis horas. O crime aconteceu no dia 23 de novembro de 2014, quando Rodrigo matou a convivente que estava grávida de seis meses a facadas e ainda a atropelou.

O crime aconteceu na rua São Vicente de Paula, próximo da residência do pai de Rodrigo. Conforme informações, após exames de DNA, ficou comprovado que o filho era de Rodrigo.

Presidido pelo Juiz de Direito de Ivinhema, Dr. Rodrigo Barbosa Sanches, o acusado teve como defesa o advogado de Naviraí, Dr. Marcus Douglas Miranda e acusação do MPE (Ministério Público Estadual) por meio do Promotor de Justiça, Dr. Daniel Nascimento Britto.

Rodrigo foi condenado em duas das três acusações, e absolvido pelo crime de porte de arma. Uma espingarda que foi encontrada na residência foi periciada e ficou constatado que não funcionava.

O Júri popular decidiu a condenação pelo crime de homicídio triplamente qualificado e por aborto não consentido, penas estas que somaram 21 anos de 9 meses em regime inicial fechado. A defesa irá recorrer da decisão.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions