ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Idosos fazem fila de carro para tomar últimas doses de vacina contra gripe

Oficialmente estoque acabou ontem, mas hoje prefeitura juntou doses que sobraram nos postos em único local de vacinação

Por Helio de Freitas, de Dourados | 26/03/2020 12:41
Fila de carros no estacionamento do estádio Douradão, onde funciona “drive thru” de vacinação (Foto: Divulgação)
Fila de carros no estacionamento do estádio Douradão, onde funciona “drive thru” de vacinação (Foto: Divulgação)

As últimas doses de vacina contra influenza estão sendo aplicadas nesta quinta-feira (26) pelo sistema “drive thru” em Dourados, a 233 km de Campo Grande. O posto de vacinação foi montado no estacionamento do estádio Douradão. Idosos formaram fila de carros para receber a vacina, aplicada sem que a pessoa precise descer do veículo.

Na noite de ontem (25), o setor de epidemiologia da prefeitura havia informado ao Campo Grande News que as cerca de dez mil doses enviadas pelo Ministério da Saúde tinham se esgotado nos dois primeiros dias de imunização de idosos, profissionais de saúde e bombeiros militares.

Na manhã de hoje, dezenas de idosos foram até a Praça Antônio João, no centro, onde a Secretaria Municipal de Saúde havia montado posto de vacinação na terça e na quarta-feira, mas a equipe de imunização não estava no local.

Horas depois, a assessoria de imprensa da prefeitura divulgou nota informando que as doses que sobraram nos 39 postos de vacinação foram reunidas para aplicação no estádio Douradão. Só idosos acima de 70 anos podem receber a vacina hoje. Foram cerca de 200 doses, que devem acabar ainda nesta tarde. Até ontem a vacinação ocorreu no Centro Esportivo Jorjão, no Ginásio Municipal de Esportes e na Praça Antônio João, além das unidades de saúde.

Edvan Marcelo, da Coordenação do Núcleo de Imunização da prefeitura, informou que a campanha deve ser retomada na terça-feira (31), após a chegada de novo lote de vacinas. A vacina contra influenza não protege contra o novo coronavírus, mas os profissionais de saúde estão reforçando o pedido para as pessoas se vacinarem e evitar a gripe. Além disso, a vacina auxilia na triagem de pacientes e acelera o eventual diagnóstico de Covid-19.