A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

04/12/2017 07:09

Indígena de 73 anos é morta a facadas em disputa por território

Ao menos três golpes de faca atingiram vítima nas mãos, pescoço e rosto; autor ainda não foi encontrado

Liniker Ribeiro

Nilza Fernandes, de 73 anos, foi morta a facadas, na noite de ontem (3), na Aldeia Indígena Bororo, em Dourados, a 233 km da Capital. A suspeita é de que o homicídio tenha acontecido devido a uma rixa entre famílias rivais, que disputam território na região.

Segundo boletim de ocorrência, uma testemunha revelou à polícia que o suspeito pela morte da indígena, identificado como Marcelo Silva, também conhecido como "piriquitinho", chegou em sua casa procurando por ela, por volta das 21h e, logo em seguida, efetuou pelo menos três golpes de faca contra a vítima.

Após escutar os gritos da idosa, a testemunha não identificada afirmou ter visto o autor fugir correndo do local, levando o armamento com ele. Nilza acabou sendo atingida nas mãos, pescoço e rosto.

Líderes da aldeia entregaram os documentos do suspeito aos policiais. Caso foi registrado como homicídio simples, na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados.

Idosa é espancada até desmaiar e leva facada durante assalto
Idosa de 60 anos, que não teve identidade revelada, foi espancada até desmaiar, além de levar uma facada de um bandido que havia invadido sua casa na...
Homem é morto com 15 tiros e corpo encontrado com mãos e pés amarrados
Um homem de aproximadamente 35 anos, ainda não identificado, foi morto a tiros na madrugada deste domingo (9) na região de fronteira entre o Brasil e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions