A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

07/07/2016 14:45

Integrantes do MST e professores protestam pela falta de repasse à escola

Priscilla Peres
Protesto aconteceu na manhã de hoje, em frente a prefeitura. (Foto: Divulgação)Protesto aconteceu na manhã de hoje, em frente a prefeitura. (Foto: Divulgação)

Na manhã de hoje, professores e militantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), protestaram em frente a prefeitura de Sidrolândia - distante 71 km de Campo Grande, para que seja regularizado o repasse mensal a Escola da Família Agrícola.

Os manifestantes alegam que a prefeitura não tem feito os repasses mensais à escola, o que tem prejudicado os alunos e professores. A escola é administrada por uma ONG (Organização Não Governamental) e atende crianças de toda a região.

Em nota, o MST disse que a manifestação visa chamar a atenção da população para o descaso com a educação pública no município. Eles alegam que os alunos estão sem aula devido a falta de repasse.

O prefeito Ari Basso (PSDB) rebate as afirmações e diz que as aulas terminaram hoje, mas foram realizadas normalmente, sem que os alunos fossem prejudicados. Ele confirma que o repasse não tem sido feito, mas alega que isso se deve a prestação de contas incorreta que foi entregue pela administração da escola.

Polícia carioca pede extradição de traficante preso no Paraguai
A extradição do traficante Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, o Marcelo Piloto, preso na cidade de Encarnación, no Paraguai, perto da fronteira com Mat...
Uems recebe inscrições em seleção para cursos de Educação à Distância até dia 22
Seguem abertas até 22 de dezembro as inscrições no processo seletivo de cursos de graduação e pós-graduação, na modalidade EaD (Educação à Distância)...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions