A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

17/01/2018 06:58

Interdição na MS-338 chega a uma semana e liberação fica para amanhã

Segundo a Agesul, a chuva, que provocou os estragos no local, também vem atrapalhando o trabalho das equipes que atuam na recuperação dos prejuízos

Liniker Ribeiro
Equipes trabalhando na recuperação dos estragos na MS-338 (Foto: Divulgação/Agesul)Equipes trabalhando na recuperação dos estragos na MS-338 (Foto: Divulgação/Agesul)

A espera pela liberação da rodovia MS-338, entre os municípios de Santa Rita do Pardo e Bataguassu, completa uma semana nesta quarta-feira (17). Autoridades locais e motoristas que hoje precisam percorrer cerca de 40 quilômetros para desviar do trecho interditado, aguardam ansiosamente pela finalização das obras no local.

Agora, a previsão, de acordo com a PMR (Polícia Militar Rodoviária), é de que um desvio seja liberado na tarde de amanhã (18). Equipes da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) continuam trabalhando para concluir as obras emergências no local, que está interditado totalmente desde a última quarta-feira (10).

Ainda hoje, o secretário-adjunto da Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura), Helianey Paulo da Silva, deve vistoriar e acompanhar os trabalhos de recuperação dos estragos provocados pela chuva. Inclusive, a falta de estiagem é o que está atrapalhando a entrega da obra, segundo a Agesul.

Antes de ser interditado totalmente, o trecho já limitava o tráfego de veículos por conta de um deslizamento de terra. Apenas parte da pista suportava o fluxo de veículos pequenos. De acordo com o Governo, com a atual restauração, a pista também receberá um sistema de drenagem reforçado em alguns pontos, o qual já foi previsto à época da realização do projeto executivo de recapeamento.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions