A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Junho de 2017

02/04/2013 09:22

Juiz condena banco a pagar R$ 20 mil a idoso por fraude em empréstimo

Aline dos Santos
Decisão é de magistrado da comarca de Miranda. (Foto: Divulgação)Decisão é de magistrado da comarca de Miranda. (Foto: Divulgação)

O Banco Mercantil do Brasil foi condenado a pagar indenização de R$ 20 mil a um aposentado por cobrança indevida de empréstimo consignado. David Quirino, de 77 anos, entrou na Justiça ao ser surpreendido com um empréstimo com desconto em folha no valor de R$ 3.974,12. A dívida seria paga em 60 parcelas de R$ 130, totalizando R$ 7.800. Ele recebe benefício de um salário mínimo.

O aposentado alegou que não fez o contrato de financiamento com o banco e que não utilizou o dinheiro. A quantia foi depositada em uma agência do Banco do Brasil de Rio Brilhante e David Quirino mora em Miranda. O Banco Mercantil justificou que a concessão do empréstimo somente é possível na presença do interessado e com apresentação dos documentos originais.

Para a defesa da instituição financeira, o aposentado foi negligente com seus documentos pessoais. No processo, a agência do Banco Brasil em Rio Brilhante informou que o dinheiro foi sacado em nome do aposentado, porém prova pericial demonstra que a assinatura no contrato de financiamento não é de David Quirino. 

O juiz da 2ª Vara da Comarca de Miranda, Luiz Felipe Medeiros Vieira, condenou o Banco Mercantil do Brasil ao pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 20 mil e na devolução em dobro do valor descontado da aposentadoria.

“Evidente que se uma pessoa entra em contato com a instituição financeira para viabilizar um empréstimo e o banco disponibiliza o dinheiro sem nenhuma cautela e sem sequer verificar a veracidade dos dados pessoais do solicitante, certamente será responsável pelos prejuízos que sua conduta ocasionou ao aposentado”, afirma o magistrado na decisão.

O Banco Mercantil já recorreu da decisão no TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Prefeito tem dez dias para exonerar servidores contratados sem concurso
O prefeito Aguinaldo dos Santos (PEN), de Eldorado, município a 447 quilômetros de Campo Grande, tem dez dias para exonerar os servidores contratados...
Homem é preso após agredir esposa em aldeia indígena
Homem de 25 anos foi preso após agredir a esposa de 20 anos com socos no rosto na noite de ontem (24), por volta das 21h, em uma aldeia indígena, loc...



PARABENS AO MAGISTRADO!!! QUE TODOS POSSAM TRILHAR POR ESTE CAMINHO DA JUSTIÇA QUANDO A INJUSTIÇA, A ILEGALIDADE FOR COMPROVADA. PARABENS AO SR. DAVID QUE FOI ATRAS DE SEUS DIREITOS.....ENFIM QUE OS EXEMPLOS SEJAM SEGUIDOS....
 
MARIA NEIDE em 03/04/2013 08:53:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions