ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Juiz decreta prisão de trio acusado de matar homem a pedradas

Flávio Maury de Souza foi encontrado agonizando em campo de futebol e morreu hora depois

Por Helio de Freitas, de Dourados | 15/05/2024 15:04
Um dos presos no momento em que era retirado da viatura (Foto: Leandro Holsbach)
Um dos presos no momento em que era retirado da viatura (Foto: Leandro Holsbach)

O juiz Ricardo da Mata Reis decretou a prisão preventiva dos três autores do assassinato de Flávio Maury de Souza, 44, espancado e golpeado com pedaços de pedra e de tijolo no campo de futebol do Jardim Santa Maria, em Dourados (a 251 km de Campo Grande), na noite de sábado (11).

Encontrado ensanguentado e desmaiado, Flávio foi socorrido ao Hospital da Vida, mas morreu horas depois em decorrência dos ferimentos.

Durante audiência de custódia, no final da tarde de ontem (14), o magistrado entendeu que a segregação cautelar de Natan Gustavo da Silva Ferreira, 21, Paulo Henrique Vasconcelos Soares, 25, e Valdeir Cavalcante Ramos, 18, se mostra necessária devido à extrema violência do crime e pelo fato de os três possuírem antecedentes criminais.

Em depoimento à Polícia Civil, os três confessaram o crime. Valdeir disse que planejou a morte de Flávio por ter sido ameaçado pela vítima e convidou os amigos para ajudá-lo a praticar o assassinato. Natan e Paulo Alegaram que não tinham intenção de matar Flávio e disseram que o golpe fatal foi desferido por Valdeir.

O crime foi desvendado pelo SIG (Setor de Investigações Gerais), da Polícia Civil. Após monitoramentos, na manhã de segunda os policiais conseguiram capturar Natan e Paulo Henrique. Eles confessaram o crime.

No final do dia, o terceiro envolvido foi localizado e preso. O rapaz também confessou o crime alegando que existia rixa entre ele a vítima. Os autores também confirmaram que agrediram Flávio até a morte com pedras, tijolos, madeiras e chutes. Com a decisão do juiz, os três vão ser levados para a PED (Penitenciária Estadual de Dourados).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias