A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Novembro de 2017

14/06/2014 08:00

Laudo descarta que garoto de 8 anos tenha morrido por brincadeira em escola

Francisco Júnior

Laudo da morte do menino Djonata Novaes da Silva, 8 anos, aponta que ele não morreu em decorrência de uma brincadeira feita por colegas na escola em que ele estudava. O caso aconteceu Dourados no mês de maio.

Segundo o site Dourados News, conforme o laudo encaminhado ao delegado Edmar Batistela, do 2º Distrito Policial de Dourados, a morte do não foi causado por "fatores externos". No dia 10 de maio, o jovem passou mal em casa e acabou morrendo. Na época, a família desconfiou que o caso teria acontecido após a brincadeira.

“Recebi o laudo e consta a morte por embolia pulmonar por uma trombose na perna devido à causas naturais, ou seja, não ficou constatada nenhuma agressão ou fator externo que possa estar relacionado com qualquer brincadeira de criança dentro da escola”, contou o delegado.

O documento foi entregue no dia 25 de maio, duas semanas após o caso e o laudo preliminar já apontava um mal súbito. “Já ouvimos diversas pessoas e vamos aguardar agora. Estudamos a possibilidade de chamar mais alguém para prestar depoimento ou concluir o inquérito”, finalizou Batistela.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, no dia 6 de maio o pai do garoto foi busca-lo na escola e percebeu que ele estava muito quieto e questionado sobre o que aconteceu ele apenas disse que estava cansado.

No dia seguinte, acordou reclamando de dores na perna. Encaminhado para o PAM (Ponto Atendimento Médico), foi medicado e liberado. Porém continuou a sentir dores, foi quando contou que na escola após a aula de educação física alguns colegas laçaram suas pernas e puxaram pela quadra.

No dia de sua morte, o garoto estava no quarto e chamou o pai dizendo que não estava bem, ao ser lavado para o Hospital da Vida, ele já chegou sem vida.

Polícia Civil investiga morte de menino de 8 anos, após passar mal
A Polícia Civil investiga a morte do garoto Djonata Novaes da Silva, 8 anos, que morreu ontem (10) no Hospital da Vida, após passar mal em casa, no P...
MPE pede que prefeitura implemente mais rigor em contratos com hospitais
O MPE-MS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) recomendou à prefeitura de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - que ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions