A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

17/09/2018 08:43

Licitações para construção de pontes de concreto somam R$ 3,4 milhões

Construções serão erguidas sobre o Rio Barreiro e o Córrego das Antas, de acordo com a publicação

Mayara Bueno
Ponte de madeira sobre o rio Barreiro, que dá acesso ao Estado de Goiás. (Foto: Agesul/Divulgação).Ponte de madeira sobre o rio Barreiro, que dá acesso ao Estado de Goiás. (Foto: Agesul/Divulgação).

O Governo de Mato Grosso do Sul vai pagar R$ 3,4 milhões para construção de duas pontes de concreto em Aquidauana e Paranaíba, 135 km e 422 km de Campo Grande.

Resultados de duas licitações foram divulgadas no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (dia 17), pela Agesul (Agência de Gestão de Empreendimentos).

Por R$ 2 milhões, a empresa Concrelaje venceu a concorrência para construir ponte sobre o Rio Barreiro, em Paranaíba. Neste caso, a extensão da construção abrange 60 metros. Até então, uma ponte de madeira sobre o rio dá acesso ao estado de Goiás. 

Ponte de madeira sobre o córrego das Antas, em Aquidauana, que será substituída por concreto. (Foto: Arquivo)Ponte de madeira sobre o córrego das Antas, em Aquidauana, que será substituída por concreto. (Foto: Arquivo)

A segunda ponte, que será erguida sobre o Córrego das Antas, em Aquidauana, teve a licitação fixada em R$ 1,4 milhão e a vencedora também foi a Concrelaje. Serão 40 metros de extensão.

No município, a ponte de madeira sobre o córrego das Antas estava em reforma em 2017, após longo período de chuva daquele ano, e quem precisava chegar aos distritos de Camisão e Piraputanga tinham de fazer o desvio pela Furnas dos Baianos 1.

Nos dois casos, as construções de concreto foram anunciadas pelo governo estadual ano passado, como forma de melhorar o acesso destas cidades.

A publicação de hoje trata-se de resultado de licitações, portanto, os contratos ainda precisam ser assinados, para então emitir a ordem de serviço.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions