A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

25/08/2016 09:57

Mantido por Temer, investimento de R$ 41 mi em aeroporto é assinado

Dos 270 aeroportos projetados por Dilma para receber recursos federais, Temer manteve apenas 53, entre eles o de Dourados

Helio de Freitas, de Dourados
Aeroporto de Dourados será reconstruído (Foto: Divulgação)Aeroporto de Dourados será reconstruído (Foto: Divulgação)

Será assinado hoje (25) em Brasília o contrato para liberação de R$ 41 milhões para ampliação do aeroporto Francisco de Matos Pereira, em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande.

Com movimento recorde de passageiros nos últimos anos, o aeroporto da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul foi um dos 53 do país mantidos para receber investimentos federais depois que o governo Temer reduziu em 80% o programa lançado por Dilma Rousseff, que previa a recuperação de 270 aeroportos.

O prefeito Murilo Zauith (PSB) viajou a Brasília hoje para assinar o contrato. Dourados é a única cidade de Mato Grosso do Sul que sobrou após o corte. Além disso, segundo a prefeitura, o município entregou toda a documentação da parte técnica, inclusive licença ambiental, e se tornou o primeiro do Brasil apto a iniciar as obras ainda neste ano.

A verba destinada para a reconstrução dos aeroportos é do Fnac (Fundo Nacional da Aviação Civil), administrado pelo Banco do Brasil e mantido com dinheiro da venda de grandes aeroportos na gestão da presidente afastada Dilma Rousseff.

Conforme a prefeitura, o contrato será assinado na Secretaria de Aviação Civil com a presença de Eduardo Henn Bernardi, diretor do Departamento de Gestão do Profaa (Programa Federal de Auxilio de Aeroportos) e José Ricardo Pataro Botelho de Queiroz, novo presidente da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

Obras – O aeroporto de Dourados será reformado, incluindo recuperação e ampliação das infraestruturas de pista de pouso e decolagem, terminal de passageiros, pátio de aeronaves, seção contra incêndio, estacionamento de veículos e equipamentos de navegação aérea.

A pista passará para 2.125 metros de comprimento por 45 metros de largura. Serão construídos um novo acesso à pista e SCI (Serviço de Combate à Incêndio). O pátio de estacionamento de aeronaves passará de 9 mil metros quadrados para 16.880 m², com seis posições para embarque e desembarque simultâneos. O terminal de passageiros passará dos atuais 971 m² para 1.210 m².

Polícia carioca pede extradição de traficante preso no Paraguai
A extradição do traficante Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, o Marcelo Piloto, preso na cidade de Encarnación, no Paraguai, perto da fronteira com Mat...
Uems recebe inscrições em seleção para cursos de Educação à Distância até dia 22
Seguem abertas até 22 de dezembro as inscrições no processo seletivo de cursos de graduação e pós-graduação, na modalidade EaD (Educação à Distância)...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions