ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Morre pintor que teve 80% do corpo queimado em acidente de trabalho

Uilly Célio da Silva Santos fazia serviço de pintura em supermercado quando sofreu descarga elétrica

Por Helio de Freitas, de Dourados | 12/11/2019 08:57
Mercado onde homem fazia pintura quando sofreu descarga elétrica e teve o corpo queimado (Foto: Adilson Domingos)
Mercado onde homem fazia pintura quando sofreu descarga elétrica e teve o corpo queimado (Foto: Adilson Domingos)

Morreu na noite de ontem (11) o pintor Willian Célio da Silva dos Santos, 23, que teve 80% do corpo queimado ao sofrer acidente de trabalho horas antes em Dourados, a 233 km de Campo Grande.

De acordo com informações que serão investigadas pela Polícia Civil, Willian fazia serviços autônomos de pintura em um mercado localizado no cruzamento das ruas Dom João VI e Antônio Amaro de Matos, no Jardim Piratininga, região leste da cidade.

Por volta de 16h30 de ontem, o pintor teria sofrido descarga elétrica e caído de altura elevada, com o corpo em chamas. O Samu (Serviço Móvel de Urgência) foi chamado e levou o pintor para o Hospital da Vida.

Devido à gravidade dos ferimentos, o rapaz foi transferido para a Santa Casa de Campo Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na estrada. O caso será investigado pela 2ª Delegacia de Polícia Civil, responsável pela área onde ocorreu o acidente.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário