A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

06/05/2019 21:48

Morto em tiroteio na fronteira pode ter participado de assalto a banco em MS

Adriano Fernandes e Helio de Freitas
Suspeitos presos durante a operação na propriedade rural. (Foto: Capitan Bado) Suspeitos presos durante a operação na propriedade rural. (Foto: Capitan Bado)

Romai Ruben Portillo, de 32 anos, um dos cinco mortos em tiroteio ocorrido na última quarta-feira (01) na Colônia Piray, em Amambay, PY, era suspeito de ter participado do assalto à agência do Sicredi em Coronel Sapucaia, no começo do mês de abril.

A possível relação do suspeito com o crime foi divulgada hoje pelo portal MBykymi Notícias, do Paraguai. No roubo ao banco, ocorrido na madrugada do dia 05 de abril, uma quadrilha composta por cerca de 20 assaltantes fugiu levando aproximadamente R$ 100 mil da agência. O dinheiro estava no cofre, que foi estourado com bombas. 

Os assaltantes estavam fortemente armados e também usaram um maçarico para cortar o compartimento de aço e chegar ao dinheiro. A todo tempo os bandidos atiravam, em todas as direções, para impedir qualquer reação.

Tiroteio – Além de Ruben, o brasileiro Elson Alan Riveiro Barros, de 28 anos, também morreu no tiroteio da última semana em Amambay. Os outros três suspeitos, ainda não foram identificados, pois estavam sem os documentos pessoais.

O confronto durou cerca de 20 minutos em uma casa na zona rural, a 50 quilômetros de Coronel Sapucaia (MS), cidade vizinha de Capitán Bado, no Paraguai, e distante 400 km de Campo Grande. A região é dominada por lavouras de maconha.

Segundo o serviço de inteligência da Polícia Nacional, que identificou a quadrilha, os bandidos são traficantes e sequestradores. Com a quadrilha os agentes do Departamento de Combate ao Crime Organizado da Polícia Nacional apreenderam um rifle, pistolas, carregadores de pistola 9 milímetros, carregadores de fuzil, celulares, um cinturão com cartuchos de escopeta, roupas camufladas, botas e coletes à prova de bala.

Na propriedade também foram presos Laura Antunes Bogado, de 26 anos, Soriano Alfonzo Sanabria, de 51, Emilton Leite da Silva Filho, Marcelina Nuñez e Clemencio Franco Martinez. O sexto envolvido é um adolescente, de 17 anos, que também foi apreendido.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions