ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  03    CAMPO GRANDE 19º

Interior

MP indicia 5 acusados de envolvimento com execução de mulher que foi degolada

Das cinco pessoas acusadas, apenas uma está foragida

Por Adriano Fernandes | 01/04/2020 23:45
Peritos, policias e testemunhas no local onde o corpo foi localizado. (Foto: Jornal da Nova)
Peritos, policias e testemunhas no local onde o corpo foi localizado. (Foto: Jornal da Nova)

O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) denunciou cinco pessoas acusadas de envolvimento na execução de Márcia Aparecida Vanderlei, de 33 anos, que foi encontrada degolada às margens de uma estrada vicinal no distrito de Nova Casa Verde, em Nova Andradina, cidade distante a 300 quilômetros de Campo Grande. O crime ocorreu em dezembro.

Conforme o promotor de justiça da 3ª Promotoria de Nova Andradina, Fabricio Secafen Mingati, das cinco pessoas acusadas, apenas uma está foragida.  Três mulheres estão presas nas cidades de Batayporã, Rio Brilhante e Campo Grande. Em Nova Andradina está um jovem de 23 anos.

Três dos acusados, também respondem por crime de tráfico de drogas e um deles já foi condenado por outros crimes. Todos os envolvidos aguardam data para o júri popular.

A execução - Márcia Aparecida foi encontrada morta na manhã do dia 14 de dezembro à margem de uma estrada vicinal próximo ao Assentamento Teijin. A vítima foi capturada em uma das ruas de Casa Verde, amarrada e morta enquanto estava desmaiada sem chance de esboçar reação. Sua morte estaria relacionada com dividas por drogas e envolvimento com facção criminosa.