A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Setembro de 2019

10/11/2017 18:50

MPF processa médica que não cumpriu carga horária e quer multa de R$ 188,8 mil

Ricardo Campos Jr.

O MPF (Ministério Público Federal) moveu uma ação na Justiça por improbidade administrativa contra uma médica acusada de descumprir a carga horária de trabalho. O órgão calcula prejuízo de R$ 44.214,23 aos cofres públicos, mas em caráter de multa, pede que ela pague o triplo acrescido de juros: R$ 188.880,11.

Segundo inquérito da Procuradoria Federal em Mato Grosso do Sul, a profissional assinou contrato para ficar 40 semanais atendendo na Rede de Saúde da Família de Batayporã entre 2012 e 2013, a 311 quilômetros de Campo Grande.

Porém, foi descoberto que ela também mantinha vínculo empregatício com a Fundação de Serviços de Nova Andradina e com um hospital. As cargas horárias eram incompatíveis, conforme levantamento da Coordenadoria Estadual de Controle, Avaliação e Auditoria da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul.

Por receber remuneração de forma integral, apesar de descumprir a carga horária de trabalho, a médica obteve vantagem patrimonial indevida, caracterizando ato de improbidade administrativa.

O MPF foi acionado porque parte dos recursos da Saúde são usados para custear o salário dos profissionais do setor, são encaminhados pelo Governo Federal. O município também processou a médica cobrando ressarcimento porque a fraude também afetou o fundo local de Saúde. 

MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo
O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram ao Ministério do Trabalho que revogue a Portaria 1.129, publ...
MPF pede aumento da pena de ex-presidente Lula no processo do triplex
O Ministério Público Federal (MPF) pediu hoje (6) na Justiça Federal o aumento da pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no processo sobre o...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions