A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/01/2016 13:03

Mutirão encontra infestação baixa de Aedes em bairros da região norte

De acordo com a prefeitura, no Jardim Piratininga e Santa Brígida foram encontrados focos do mosquito em 1,7% de 3.500 imóveis

Helio de Freitas, de Dourados
Força-tarefa contra o mosquito da dengue chegou nesta quinta ao Parque das Nações (Foto: Divulgação)Força-tarefa contra o mosquito da dengue chegou nesta quinta ao Parque das Nações (Foto: Divulgação)

A primeira ação do plano de contingência da prefeitura para combater o mosquito Aedes aegypti inspecionou 3.585 imóveis nesta quarta-feira (20) no Jardim Santa Brígida e Piratininga, na região norte de Dourados. Nos dois bairros foram encontrados e eliminados 62 focos do inseto, ou seja, 1,74% dos locais fiscalizados, índice considerado baixo, segundo a Secretaria de Saúde da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul.

Conforme o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), os donos dos imóveis foram notificados com base na Lei da Dengue e Febre Amarela e serão multados. Os valores variam de R$ 500 a R$ 800, que dobra em caso de reincidência.

Dos 3.585 imóveis, 699 estavam fechados e os agentes de saúde tiveram que entrar para fazer a inspeção por força judicial. No total também foram expedidas 23 notificações de imóveis em situação inadequada.

Também foram vistoriados 55 terrenos baldios e feita roçada nas escolas municipais Armando Campos Belo e Frei Eucário, onde não foi localizado nenhum foco do Aedes aegypti. Segundo o CCZ, em toda aquela região da cidade foi feito bloqueio químico com fumacê.

A coordenadora do CCZ, Rosana Alexandre da Silva, disse que o resultado é positivo, pois o número de focos encontrados é baixo em comparação à quantidade de imóveis inspecionados. Entretanto, afirmou que a situação preocupa, já que um surto de dengue ameaçada a cidade.

“O resultado mostra que a população está bastante consciente, mas por outro lado ainda é preocupante porque algumas pessoas não se adequaram e a maioria não pode pagar por uma minoria”, afirmou.

Cem agentes de endemias, 37 soldados do Exército, 25 agentes de serviços gerais da Secretaria de Serviços Urbanos, cinco integrantes de entidades, servidores de secretárias e outros voluntários, totalizando 200 pessoas, participaram do mutirão.

Nesta quinta-feira a equipe do plano de contingência está no Parque das Nações II. Na sexta-feira o trabalho será na região do Izidro Pedroso, abrangendo Parque Nova Dourados, terra Roxa e Canaã III. No sábado a ação será no Grande Itália.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions