A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

23/08/2016 16:55

Novo chefe da PF promete intensificar ações contra narcotraficantes

Fernanda Yafusso e Helio de Freitas, de Dourados
Delegado Nivaldo da Silva, que assumiu a unidade da PF em Dourados (Foto Helio de Freitas)Delegado Nivaldo da Silva, que assumiu a unidade da PF em Dourados (Foto Helio de Freitas)
Delegado Leonardo de Souza (à esquerda) passa de forma simbólica o comando da delegacia da PF para Nivaldo Lopes da Silva (Foto: Helio de Freitas)Delegado Leonardo de Souza (à esquerda) passa de forma simbólica o comando da delegacia da PF para Nivaldo Lopes da Silva (Foto: Helio de Freitas)

O delegado Nivaldo Lopes da Silva, que veio da unidade policial de Três Lagoas, assumiu nesta terça-feira (23) a delegacia regional da PF (Polícia Federal) de Dourados, município distante 233 quilômetros de Campo Grande.

A delegacia foi instalada estrategicamente na região por ser corredor do tráfico e contrabando. E, para o delegado que assumiu o cargo em substituição ao colega Leonardo de Souza, a missão é intensificar o combate ao narcotráfico através da instalação de barreiras nas estradas e serviço de inteligência.

Na solenidade na sede local da PF, estiveram o superintendente regional da corporação, Ricardo Cubas Cesar, Leandro Daiello e Luiz Pompeu de Souza representando a direção nacional, o secretário estadual de Justiça e Segurança, José Carlos Barbosa, e o prefeito de Dourados, Murilo Zauith.

O delegado Nivaldo da Silva, que é natural de Araçatuba (SP), iniciou carreira na Polícia Federal em 2009. Ele disse que se sente preparado para o cargo, pois recebeu apoio da Superintendência Regional e dos colegas.

"Vamos continuar o trabalho para que haja a pacificação do clima de guerra existente na região sul pelos conflitos por terra entre índios e fazendeiros. Vamos sempre cumprir o que determina o Poder Judiciário. Além disso, a importância da atuação da PF na região extrapola os limites regionais e tem reflexos em âmbito nacional. Até hoje já tivemos 4.165 procedimentos em andamento e 1.862 passaportes emitidos. Já no trabalho da perícia, está entre os três melhores do Brasil", destacou.

Para Luiz Pompeu de Souza, que está representando o diretor nacional da PF, a região é estratégica e relevante para a Polícia Federal.

Já o superintendente regional da PF, Ricardo Cubas, disse que a unidade em Dourados é uma das primeiras delegacias do âmbito nacional a fazer grandes operações ainda na década de 90. "Os policiais que se destacarem em Dourados serão bem sucedidos na profissão em qualquer lugar do país. A região proporciona desafios e capacitação para acompanhar a evolução dos métodos dos criminisos. É preciso saber agir com sabedoria e serenidade e precisamos de parceria com os demais órgãos pois sozinhos não podemos fazer nada. O desafio é grande mas a satisfação pelo serviço compensa os finais de semana e noites perdidos".

Números - Até 19 de agosto deste ano foram apreendidos 12.123 kg de maconha, sendo que 6.5 toneladas foram feitas pela própria PF. 96 prisões em flagrante, a apreensão de 275 kg cocaína, sendo 203 kg feitos pela PF. Além de 4 milhões de maços de cigarros apreendidos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions