ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Operação das polícias de MS e MT prende 3 por furto a agência bancária

Duas pessoas em Cuiabá e uma mulher na cidade do crime foram detidas; adolescente acabou apreendido. Ação recuperou R$ 30 mil

Por Humberto Marques | 12/05/2018 10:09
Cerca de R$ 30 mil foram recuperados pela Polícia Civil durante operação. (Foto: Coxim Agora)
Cerca de R$ 30 mil foram recuperados pela Polícia Civil durante operação. (Foto: Coxim Agora)

Três pessoas foram presas e um adolescente foi apreendido durante ação conjunta das Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso e Polícia Federal, sob acusação de participar da invasão a uma agência bancária de Sonora –a 364 km de Campo Grande–, ocorrido em 6 de maio. Durante a operação, cerca de R$ 30 mil que teriam sido furtados foram recuperados.

As autoridades identificaram cinco pessoas que teriam participado da invasão ao Sicredi de Sonora. A busca pelos autores envolveu policiais da Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros), GCCO (Gerência de Combate ao Crime Organizado da Polícia Judiciária Mato-Grossense) e policiais federais.

De acordo com informações do portal Idest e do site Coxim Agora, os bandidos invadiram a agência pelo telhado, usando cordas. Depois do furto, eles abandonaram pelas de ferramentas e uma manta usada para enganar sensores de movimento. Os materiais foram usados para identificar os suspeitos, também flagrados por câmeras de segurança nos estabelecimentos vizinhos –três deles saíram do banco com malotes.

Prisões – A partir das investigações, policiais civis constataram o uso de um automóvel Fiat Uno Mille Way, de cor preta e com placas de Cuiabá, pelos autores. A partir daí teve início a busca pelos autores, com a prisão pelo Garras na capital mato-grossense, na quinta-feira (10), de Ronaldo Sousa da Silva, que admitiu ter conduzido o carro durante o crime. Com ele, foram apreendidos R$ 2.680 e 93 munições de calibres 9mm, .38 e .40.

Na noite desta sexta (11), ainda em Cuiabá, o Garras localizou Rafael José Correia, conhecido como “Rafinha” ou “Zé”, também por participação no crime. Ele já tinha condenações por roubo e tráfico.

Por fim, em Sonora, foi presa uma mulher de 35 anos e apreendido um adolescente, filho dela, que teriam dado apoio a pelo menos seis homens que saíram de Cuiabá para cometer o crime. Eles estariam na cidade desde 3 de maio, usando a moto da acusada.

Já o adolescente foi questionado sobre uma camiseta com a qual postou uma selfie, idêntica à deixada pelos bandidos na agência. Ambos admitiram participação nos fatos, alegando terem abrigado a quadrilha em troca de dinheiro oriundo do furto. As autoridades ainda buscam um terceiro participante do assalto, identificado como “Huck”, que está foragido.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário