A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

26/01/2015 15:52

Padrasto matou adolescente a facadas após se irritar com "tchau irônico"

Liana Feitosa
Autor do crime está foragido. (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)Autor do crime está foragido. (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

A adolescente Joice Kelly Ribas, 17 anos, morta a facadas pelo construtor e padrasto Cezáli Freitas da Silva, 38 anos, na madrugada deste domingo (25), foi agredida depois de dar tchau, em tom irônico, ao autor do crime que acabara de ser mandado embora de casa pela mãe da vítima depois de uma discussão.

Segundo o delegado que investiga o caso, Christian Mollinedo, padrasto e enteada nunca se deram bem. "A menina não aceitava o relacionamento da mãe com Cezáli. Eles brigavam muito", conta o delegado. Ao que tudo indica, o autor do crime se irritou com a ironia da enteada e, por isso, a esfaqueou.

O autor teve relacionamento amoroso com a mãe da vítima durante dois anos e, devido a desavenças, se separaram. No entanto, Cezáli ficou insistindo em reatar o relacionamento. Por isso, há cerca de dois meses a mãe da adolescente resolveu reatar com o ex.

"Ele voltou embriagado da pescaria e discutiu com a mulher que, cansada da situação, falou pra ele ir embora da casa, que é dela. Quando ele estava arrumando as coisas na caminhonete para ir embora, a menina se despediu dele de uma forma meio irônica", completa o delegado.

Crime - "Ele pegou uma faca usada pra fazer limpeza de peixe durante a pescaria e esfaqueou a vítima", afirma. Segundo o delegado, exames que indicam quantos golpes Joice sofreu ainda não foram entregues. Mesmo assim, sabe-se que uma facada atingiu o peito da jovem, em região bem próxima ao coração, o que causou muito sangramento no local do crime.

As informações foram dadas pela mãe ao delegado em conversa não oficial. Ela, que é testemunha do crime, ainda não concedeu depoimento à polícia pois está no município de Sete Quedas, extremo sul do Estado, onde Joice foi velada e enterrada.

Denúncias - Agora, o foco da polícia é encontrar o Cezáli. Informações que levem a polícia até o autor podem ser repassadas pelos telefones (67) 3456-1488 ou (67) 3456-1649. Ao denunciante, a polícia assegura o direito de não precisar se identificar.

Amigos lamentam morte de adolescente no Facebook (Foto: Reprodução)Amigos lamentam morte de adolescente no Facebook (Foto: Reprodução)


Lamentável ,mais uma vida ceifada pelo inimigo,usando as pessoas para cometerem atrocidades,q Deus conforte o coração da família...
 
RENATO em 26/01/2015 16:30:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions