ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 20º

Interior

Para despistar, suspeito disse que mulher fugiu com caminhoneiro

Suspeito matou mulher com golpes de faca no rosto e a jogou em fossa

Por Dayene Paz | 23/01/2022 13:41
Rosiclei tinha 39 anos e foi assassinada na última quarta-feira (19). (Foto: Reprodução/Facebook)
Rosiclei tinha 39 anos e foi assassinada na última quarta-feira (19). (Foto: Reprodução/Facebook)

O principal suspeito pelo assassinato de Rosiclei Paredes, 39 anos, encontrada em uma fossa na noite deste sábado (22), tentou enganar familiares dela depois de cometer o crime. Procurado diante do sumiço da mulher, já que morava na mesma casa que a vítima, Eduardo Gomes Rodrigues, 53 anos, chegou a dizer que Rosiclei havia fugido com um caminhoneiro.

O boletim de ocorrência descreve que Eduardo Gomes morava na residência do Jardim Alvorada há cerca de três meses. O casal, Rosiclei e o esposo, teria chegado na cidade há pouco tempo e passaram a dividir o aluguel da casa com Eduardo. Eles estavam morando no mesmo imóvel há cerca de um mês.

Eduardo Gomes é o principal suspeito do assassinato. (Foto: Veja Aqui MS)
Eduardo Gomes é o principal suspeito do assassinato. (Foto: Veja Aqui MS)

No dia do crime, o esposo de Rosinha, como era conhecida, saiu de casa para trabalhar em área rural, deixando a mulher na companhia de Eduardo. A partir desta data, ela não foi mais vista. Familiares chegaram a procurar o esposo, mas sem sucesso.

Também procuraram Eduardo, que para tentar despistar sobre o crime, afirmou ter visto Rosinha fugindo com um caminhoneiro. Depois de ser procurado sobre a vítima, Eduardo fugiu da casa. Ele contratou um freteiro, alegando que trabalharia em uma fazenda, foi deixado em um lugar ermo e não foi mais visto.

O corpo de Rosiclei foi localizado por um vizinho que se incomodou com o forte odor vindo da residência na noite deste sábado (22). Ao verificar, encontrou Rosiclei morta dentro da fossa e acionou a polícia. A perícia encontrou vários cortes no rosto, causados provavelmente por uma faca. A Polícia Civil segue com as buscas ao suspeito.

Nos siga no Google Notícias