ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  03    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Para encontrar a família, homem tenta atravessar rio nadando e morre

Corpo da vítima foi localizado dois dias depois pelo Corpo de Bombeiros

Por Mirian Machado | 20/02/2021 09:08
Caso foi registrado como morte a esclarecer na Delegacia de Polícia Civil (Divulgação)
Caso foi registrado como morte a esclarecer na Delegacia de Polícia Civil (Divulgação)

Anderson Frey, de 36 anos, morreu após tentar atravessar um rio que fica na fazenda onde trabalhava para tentar contato com a família. O caso aconteceu em Bodoquena, cidade a 266 km da Capital. O corpo da vítima foi localizado dois dias depois.

Conforme informado à polícia pelo empreiteiro da fazenda, Anderson foi contratado no dia 15 para fazer o serviço de roçada em um dos lados da fazenda. Segundo a testemunha, a vítima estava inquieta e queria falar com a família, porém a sede da fazenda, local onde pega sinal telefônico, fica do outro lado do rio.

Segundo relatado no boletim de ocorrência, Anderson insistia em atravessar o rio a nado, mas foi orientado pelo empreiteiro a não fazer, pois o rio estava muito cheio devido as chuvas.

Ambos combinaram então que a testemunha e um colega atravessariam. No momento em que estavam no rio, escutam um barulho e viram que Anderson havia pulado.

Logo em seguida foi sendo levado pela correnteza, gritando por socorro. A dupla tentou socorrer, mas não conseguiu por causa da força e velocidade da correnteza.

Outros funcionários da fazenda, além do Corpo de Bombeiros, foram acionados para ajudar nas buscas.

O corpo de Anderson só foi localizado pelo Corpo de Bombeiros no final da tarde de sexta-feira (19). O caso foi registrado como morte a esclarecer na Delegacia de Polícia Civil de Bodoquena.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário