A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

24/06/2016 15:14

Para iniciar negociação, prefeitura quer grevistas de volta ao trabalho

Secretários se reuniram com grevistas hoje e uma assembleia foi marcada para segunda, para avaliar proposta do município

Helio de Freitas, de Dourados
Professores em greve desde ontem voltaram a protestar na prefeitura (Foto: Helio de Freitas)Professores em greve desde ontem voltaram a protestar na prefeitura (Foto: Helio de Freitas)

A prefeitura de Dourados, município a 233 km de Campo Grande, quer o fim da greve dos servidores da educação, iniciada ontem, para iniciar as negociações sobre a implantação do piso do magistério para 20 horas de trabalho por semana e sobre o reajuste dos administrativos.

A posição do município foi repassada hoje de manhã pelos secretários de Governo José Jorge Filho, de Agricultura Familiar e Economia Solidária Landmark Ferreira Rios, e de Educação Ilda Miya Kudo, em reunião com representantes dos grevistas.

Na segunda-feira de manhã, a proposta será avaliada em assembleia dos professores, na sede do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação). Entretanto, integrantes do sindicato afirmam que a tendência é que a paralisação seja mantida.

São pelo menos 28 mil alunos que estudam na rede municipal de ensino. Até hoje a adesão à greve foi pequena, mas deve aumentar a partir de segunda-feira.

São pelo menos quatro mil professores e servidores administrativos concursados que trabalham em 45 escolas e 40 centros de educação infantil de Dourados. eles cobram da prefeitura o cumprimento da lei do piso salarial dos professores para jornada de 20 horas e reajuste do grupo administrativo.

Entre os itens não cumpridos pela prefeitura, segundo o sindicato, estão a incorporação do adicional de incentivo ao magistério municipal, que deveria ter sido pago a partir de 1º de abril, percentual da diferença do piso para 20 horas em outubro, negociado durante a greve de 2014 e previsto em lei, e a reposição da inflação ao grupo administrativo, sem correção desde 2015.

Professores anunciam greve e afirmam que prefeitura descumpriu acordo
Profissionais da educação do município de Dourados, localizado a 233 km de Campo Grande, prometem iniciar greve por tempo indeterminado a partir de q...
Juiz do Trabalho arquiva ação sobre eleição de sindicato de professores
O processo movido pela chapa impugnada na eleição de 2014 para escolha da diretoria do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) de ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions