A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Novembro de 2017

23/03/2011 09:20

PM faz varredura em acapamento de brasiguaios às margens da MS-487

Nadyenka Castro

MST diz que ação é truculenta

Aproximadamente 200 policiais militares, incluindo integrantes da tropa de choque, fazem desde o início da manhã desta quarta-feira uma varredura no acampamento de brasiguaios localizado às margens da MS-487, em Itaquiraí, no Sul do Estado.

As primeiras informações dão conta que eles procuram por alimentos que foram roubados de um caminhão na última sexta-feira (18), na BR-163, e também por armas.

O MST afirma que a ação da PM (Polícia Militar) no acampamento Antônio Irmão é truculenta.

Coordenadora do MST, Maria de Fátima Vieira diz que 670 famílias vivem no local e estão sem receber cesta-básica.

Segundo ela, em reunião com o poder público realizada em 10 de fevereiro ficou definido que os alimentos seriam entregues imediatamente, o que até hoje não aconteceu.

Carga de 15 toneladas de Alimentos é roubada na BR-163, em MS
Uma carga de 15 toneladas de alimentos da empresa Zaeli foi roubada de um de seus caminhões na manhã desta sexta-feira, em Mato Grosso do Sul. Segun...
Após desentendimento, homem é assassinado com tiro na cabeça
Após confusão, Paulo Ribeiro da Silva, 49 anos, foi morto com tiro na cabeça, por volta das 22h de ontem (18), na Rua Francisco de Assis Reinaldth, n...


E isso que esta pecisando a muito tempo.
Existe pessoas que nescessitam de terras, assistencia etc. Mais muitos aproveitadores,
pessoas que não passam de agitadores, que so estão acampados nos fim de semana e
quando da distribuição das cestas basicas.
Esses agittadores aproveitam da simplicidade dos sem terra para criarem um ambiente
de terrorismo no local, fazendo piquet nas estradas, assaltando caminhões de mantimen-
tos cobrando pedagio etc.
Procurem q acharão armas, e todo tipo ilicito de materiais.
Parabens a quem ordenou e que cumpriu essa medida
 
Marco Aurelio em 23/03/2011 10:57:22
Parabéns as autoridades do Judiciário e da SEJUSP. Só quero lembrar ao MST o que são ações truculentas, realizadas por seus integrantes, nesse mesmo acampamento:
1 - Um carreteiro saqueado há poucos dias, quando foi parado e num reflexo de auto defesa, escondeu dos saqueadores que carregava feijão; teve o caminhão revistado e o produto foi encontrado. Na seqüência, foi agredido por ter "mentido".
2 - Outro caminhão, graneleiro, quando o motorista disse que carregava soja, teve a bica aberta, para comprovar que não mentia. Como era soja mesmo, foi liberado, deixando um rastro da oleoginosa, por cerca de três quilômetros (deve haver o sinal ainda, na rodovia). Ameaçado que foi, teve que ir embora, derramando a carga e sem poder fechar a bica no local.
Isso sem contar os vários para-brisas e espelhos de caminhões quebrados à pedradas, pauladas e golpes de foice, inclusive à noite, quando objetos são arremessados contra os veículos que ali trafegam. Esses atos de vandalismo desnecessário é que são truculência, aliás, TRUCULÊNCIA CRIMINOSA, típica dos acampados daquela área.
 
Adriano Roberto dos Santos em 23/03/2011 02:13:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions