ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Polícia destrói cocaína apreendida após queda de helicóptero

Droga ficou espalhada em fazenda após queda de aeronave que matou duas pessoas

Por Mirian Machado | 22/10/2021 17:22
Cocaína incinerada nesta sexta-feira (22) em Ponta Porã (Divulgação)
Cocaína incinerada nesta sexta-feira (22) em Ponta Porã (Divulgação)

Os mais de 240 quilos de cocaína apreendidos que estavam no helicóptero que caiu na quarta-feira (20) em uma fazenda em Ponta Porã, distante a 323 km da Capital, foi destruída nesta tarde.

A queima, segundo a Polícia Civil, seguiu todas as regras pela Lei de Drogas 11.343/06 e foi acompanhada pelos órgãos de fiscalização competentes. Só na cidade, que faz fronteira com o Paraguai, a polícia incinerou nos últimos 90 dias mais de 560 quilos de cocaína.

A aeronave transportava 246 quilos de cocaína, quando caiu matando carbonizadas duas pessoas identificadas como o piloto Pedro Augusto Boim, 24, e o amigo dele, Matheus Henrique dos Santos Venâncio, de 20 anos, ambos paulistas. A suspeita é que o helicópeto

O Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) continua investigando para confirmar a origem e o destino da droga, além do possível envolvimento de outros traficantes no transporte.tenha levantado voo da região de Antônio João e levaria a cocaína para São Paulo.

Destroço da aeronave que caiu em fazenda de Ponta Porã. (Foto: Dracco)
Destroço da aeronave que caiu em fazenda de Ponta Porã. (Foto: Dracco)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário