ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  25    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Polícia encontra vestígios que podem ser de jovem desaparecida há 42 dias

Jayne Martins Ramires, de 23 anos, sumiu depois de visitar uma amiga na Aldeia Bororó

Adriano Fernandes e Helio de Freitas | 08/12/2021 21:31
Local onde as roupas e mechas de cabelo foram encontrados. (Foto: Adilson Domingos)
Local onde as roupas e mechas de cabelo foram encontrados. (Foto: Adilson Domingos)

A Polícia Civil encontrou em uma pedreira, entre as aldeias Bororó e Jaguapiru, roupas e mechas de cabelo, que podem ser de Jayne Martins Ramires, de 23 anos, que está desaparecida desde o dia 26 de outubro, em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande.

O investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) de Dourados, foram até o local após serem acionados por moradores, dizendo que o corpo da vítima tinha sido localizado na reserva. As roupas e mechas de cabelo foram enviadas para a perícia. Entre as vestimentas estão uma camiseta e uma jaqueta.

Os policiais também estiveram na casa de duas mulheres suspeitas de terem matado Jayne e escondido o corpo. À polícia elas disseram terem visto Jayne sendo esfaqueada e correndo para o mato, ferida. No entanto, elas não revelaram que seria o autor das facadas.

Sumiço - Jayne sumiu depois de sair dizendo que visitaria uma amiga na Aldeia Bororó, onde ela mora com a família. Desde então, nunca mais foi vista. A família foi até a casa da amiga, mas foi informada que ela teria deixado o local, na companhia de um homem, morador na Reserva de Lagoa Rica.


Nos siga no Google Notícias