ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 11º

Interior

Polícia caça suspeitos de atentado contra prefeito

José Carlos Acevedo foi ferido com 7 tiros na tarde de terça e médicos dizem que ele tem pouco tempo de vida

Por Helio de Freitas, de Dourados | 19/05/2022 07:15
Policiais paraguaios em um dos locais das buscas nesta manhã. (Foto: ABC Color)
Policiais paraguaios em um dos locais das buscas nesta manhã. (Foto: ABC Color)

A polícia paraguaia faz buscas simultâneas na manhã de hoje (19) atrás de suspeitos pelo atentado contra o prefeito de Pedro Juan Caballero José Carlos Acevedo Quevedo, 53, baleado com sete tiros na tarde de terça-feira (17). Ontem à noite, os médicos afirmaram que o quadro dele é irreversível devido à falência múltipla de órgãos.

No Bairro Mariscal Estigarribia, uma mulher foi detida, segundo a imprensa paraguaia. A suspeita é de ligação dela com os autores materiais do atentado. Pelo menos três homens participaram diretamente do ataque no momento em que o prefeito caminhava sozinho no centro de Pedro Juan Caballero.

Segundo o comissário Rubéns Paredes, que assumiu ontem o comando da Polícia Nacional no departamento de Amambay, a mulher seria esposa do dono da arma usada no atentado.

O homem foi morto em 2017 e a arma encontrada com ele foi devolvida para a esposa, já que era legalizada. A mesma pistola teria sido usada para tentar matar o prefeito. A polícia ainda não divulgou detalhes de como chegou a essa informação. O Ministério Público do Paraguai acompanha as buscas.

Nos siga no Google Notícias