A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

28/07/2019 12:40

Polícia prende 2 homens acusados de sequestro e execução de produtor rural

Operação da Polícia Nacional do Paraguai encontrou suspeitos pela morte de Dilson Bello dos Santos, ocorrida na sexta-feira

Humberto Marques
Operação para captura encontrou dois suspeitos de sequestro e assassinato de produtor brasileiro. (Fotos: ABC Color/Reprodução)Operação para captura encontrou dois suspeitos de sequestro e assassinato de produtor brasileiro. (Fotos: ABC Color/Reprodução)

Autoridades policiais do Paraguai prenderam neste domingo (28) duas pessoas acusadas do sequestro e assassinato do produtor rural brasileiro Dilson Bello dos Santos, 59, ocorridos na sexta-feira (26) em Capitán Bado, cidade vizinha a Coronel Sapucaia –a 400 km de Campo Grande.

Operação sob o comando do promotor Hérnan Mendoza iniciada às 6h20, segundo o jornal ABC Color, resultou, primeiro, na prisão de Vanderley Rodríguez López, encontrado em uma casa em Capitán Bado. Lá, também foram apreendidos 200 quilos de maconha, uma pistola da marca Beretta, projéteis 15 milhões de guaranis (cerca de R$ 9,5 mil) e R$ 5 mil, uma balança digital e três celulares.

Na sequência, foi preso Ramón Elvio Báez Miranda e apreendidos uma espingarda Maverick 12mm, com nove cartuchos, um revólver da marca Taurus calibre 44mm, com cinco cartuchos, e quatro telefones.

O crime – Dilson Bello dos Santos foi sequestrado ao lado da mulher, a paraguaia Librado Romero Duré, 45, do filho, Edison Bello Romero, 26, e do capataz Junior Godoy, 18. O crime ocorreu por volta das 5h30 de sexta-feira na propridade da família, a 50 quilômetros da sede de Capitán Bado, com as vítimas sendo levada em um automóvel da família a uma mata.

Armas e celulares foram apreendidos durante ação. (Foto: ABC Color/Divulgação)Armas e celulares foram apreendidos durante ação. (Foto: ABC Color/Divulgação)

Por volta das 12h, Edison foi liberado para buscar o dinheiro do resgate, inicialmente estimado em US$ 300 mil. Porém, após negociações, o montante foi reduzido para US$ 20 mil.

O jovem caminhou até a fazenda e, de lá, seguiu em um caminhão até Coronel Sapucaia, onde pegou dinheiro com parentes. A Polícia Nacional do Paraguai foi informada e deu início à busca pelas vítimas.

Um helicóptero foi enviado para a região onde os bandidos se esconderam, levando o bando a se espalhar. A mulher e o capaz correram e, em meio à fuga, Godoy disse ter visto a execução do patrão.

O corpo de Dilson foi encontrado na região da Colônia Puendy na manhã de sábado (27).

Dilson foi sequestrado ao lado de mulher, filho e capaz da fazenda. (Foto: ABC Color/Reprodução)Dilson foi sequestrado ao lado de mulher, filho e capaz da fazenda. (Foto: ABC Color/Reprodução)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions