A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Agosto de 2019

26/07/2019 09:23

Polícia prende homem que invadiu casa e furtou R$ 20 mil em joias

Giovani Augusto da Silva confessa o crime, mas diz que jogou as joias no mato; ele é investigado por outros furtos em Dourados

Helio de Freitas, de Dourados
Giovani está preso acusado de furtos em Dourados (Foto: Divulgação)Giovani está preso acusado de furtos em Dourados (Foto: Divulgação)

Giovani Augusto da Silva, 41, foi preso acusado de furtar pelo menos R$ 20 mil em joias de uma casa em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Descoberto pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais), da Polícia Civil, ele confessa o crime, mas diz que abandonou as joias no mato.

Conforme o delegado Rodolfo Daltro, chefe do SIG, o furto na residência localizada na Sitioca Campo Belo ocorreu quarta-feira (24). O autor arrombou cadeados e uma porta e levou as joias.

Vários outros furtos semelhantes já tinham ocorrido no mesmo bairro e imediações e a polícia suspeitava que o autor fosse um preso do regime semiaberto. Na tarde de ontem, os policiais chegaram a Giovani da Silva. Segundo o delegado, ele se aproveitava dos horários de folga para cometer os furtos.

Dono de extensa ficha criminal, Giovani confessou ter invadido a casa e furtado as joias, mas alegou ter jogado as peças no mato em local onde não se lembra. Ele negou os outros furtos ocorridos na mesma região da cidade.

Segundo o delegado, Giovani possui a prática de crimes como estilo de vida. Ele estava trabalhando fora do presídio, mas foi mandado embora após o patrão descobrir que escondia produtos furtados no local de trabalho. Giovani voltou para o regime fechado, mas aproveitava as saídas temporárias para cometer novos furtos. A polícia pediu a prisão preventiva dele.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions