ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 23º

Interior

Polícia prende quatro, fecha “boca” e apreende drogas e pistola 45

Ponto de venda de droga era comandado por padrasto e enteado em bairro de Dourados

Por Helio de Freitas, de Dourados | 04/08/2021 16:37
Os quatro presos hoje em Dourados, 3 por tráfico e um por porte de arma. (Foto: Adilson Domingos)
Os quatro presos hoje em Dourados, 3 por tráfico e um por porte de arma. (Foto: Adilson Domingos)

Quatro homens foram presos na tarde desta quarta-feira (4), em Dourados (a 233 km de Campo Grande), em operação conjunta de policiais da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) e agentes da 2ª Delegacia de Polícia Civil.

Três foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e receptação e um por porte ilegal de arma. Ele estava com uma pistola calibre 45.

Na casa, localizada no residencial Dioclécio Artuzi (região sul da cidade), onde funcionava o ponto de distribuição de drogas, foram apreendidos 164,4 quilos de maconha, 3,3 quilos de skank e 101 gramas de pasta-base de cocaína.

Também foram encontrados na casa rodas automotivas, bateria e outros itens furtados, há poucos dias, de carros apreendidos e que permanecem na rua lateral da sede da delegacia e do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), na Rua Coronel Ponciano. O autor do furto já tinha sido preso e havia trocado as peças por droga na “boca”.

De acordo com o delegado Rodolfo Daltro, da Defron, as investigações apontaram que três homens, um deles conhecido como “Cuiabano”, seriam os principais traficantes de maconha, skank e cocaína no Dioclécio Artuzi, em Dourados, além de receptarem produtos de furto.

O homem de 32 anos tem extensa ficha criminal. Também foram presos o enteado dele, de 21 anos, que o ajudava a comandar o ponto de drogas, e o gerente da “boca", de 23 anos.

Já no jardim Novo Horizonte, região oeste da cidade, os policiais prenderam homem de 31 anos, ligado a “Cuiabano”. Na casa dele, foi encontrada a pistola 45.

Pistola calibre 45 apreendida durante ação contra o tráfico. (Foto: Adilson Domingos)
Pistola calibre 45 apreendida durante ação contra o tráfico. (Foto: Adilson Domingos)

Quatro homens foram presos na tarde desta quarta-feira (4), em Dourados (a 233 km de Campo Grande), em operação conjunta de policiais da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) e agentes da 2ª Delegacia de Polícia Civil.

Adriel da Silva Moraes, 32, o “Cuiabano”, o enteado dele João Antônio Silva, 21, e o gerente da venda de droga João Pedro Lúcio Batista, 23, foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e receptação. André Crispim Horácio de Almeida, 31, foi autuado por porte ilegal de arma. Ele estava com uma pistola calibre 45.

Na casa, localizada no residencial Dioclécio Artuzi (região sul da cidade), onde funcionava o ponto de distribuição de drogas, foram apreendidos 164,4 quilos de maconha, 3,3 quilos de skunk e 101 gramas de pasta- base de cocaína.

Também foram encontrados na casa rodas de carro, bateria e outros itens furtados, há poucos dias, de veículo apreendidos e que permanecem na rua lateral da sede da delegacia e do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), na Rua Coronel Ponciano. O autor do furto já tinha sido preso e havia trocado as peças por droga na “boca”, de “Cuiabano”.

De acordo com o delegado Rodolfo Daltro, da Defron, as investigações apontaram que três homens, um deles conhecido como “Cuiabano”, seriam os principais traficantes de maconha, skank e cocaína no Dioclécio Artuzi, em Dourados, além de receptarem produtos furtados.

“Cuiabano” tem extensa ficha criminal. O enteado dele o ajudava a comandar o ponto de drogas. Já no jardim Novo Horizonte, região oeste da cidade, os policiais prenderam André Crispim, ligado a “Cuiabano”. Na casa dele, foi encontrada a pistola 45.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário