ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 28º

Interior

Casal transforma em “boca” de droga, residência de homem morto por overdose

Homem de 57 anos e mulher de 39 foram presos pela Defron no Bairro Campina Verde, em Dourados

Por Helio de Freitas, de Dourados | 04/08/2021 11:06
Homem e mulher presos pela Defron em casa transformada em “boca” de droga. (Foto: Divulgação)
Homem e mulher presos pela Defron em casa transformada em “boca” de droga. (Foto: Divulgação)

Casal de traficantes se apossou da residência de um ex-cliente morto por overdose e transformou o local em ponto de distribuição de drogas. O caso ocorreu no Bairro Sitioca Campina Verde, na região sul de Dourados, a 233 km de Campo Grande.

Claudio Antonio Rocha Ribeiro, 57, e Rosana Jesus de Lima, 39, foram presos ontem (3), pela Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira).

O dono da casa, identificado apenas como Sérgio, teve parada cardiorrespiratória no dia 9 deste mês. Socorristas foram chamados e fizeram procedimentos para tentar salvá-lo, mas o morador morreu durante o atendimento. O ataque foi causado pelo uso excessivo de cocaína.

Veja o vídeo:

A investigação policial revelou que Claudio frequentava a casa de Sérgio, para quem fornecia cocaína. Após a morte do morador pelo uso excessivo do entorpecente fornecido pelo casal, o traficante e a mulher se apossaram da residência e passaram a vender droga no local.

Durante buscas na residência, no final da tarde de ontem, os policiais da Defron encontraram 50 pinos de cocaína e uma pedra da mesma substância.

Também no imóvel foram apreendidas munições calibre 38. Os dois afirmaram terem recebido a munição de um usuário como pagamento por porção de cocaína.

Rosana Jesus de Lima possuía contra si, mandado de prisão expedido pela comarca de Presidente Epitácio (SP), onde está condenada por tráfico de drogas. Ela e Claudio foram presos em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de munição. A Defron pediu a prisão preventiva deles.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário