A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

30/06/2019 13:41

Polícia suspeita que assassino tirou combustível de veículo para matar mulher

Na casa, havia mangueira e garrafa que, possivelmente, foram utilizados para retirar o combustível do veículo

Viviane Oliveira
Carro localizado na garagem da residência estava com a tampa aberta (Foto: Ponta Porã News) Carro localizado na garagem da residência estava com a tampa aberta (Foto: Ponta Porã News)

Foi identificada como Maria Cristina Rojas, 54 anos, a mulher encontrada carbonizada na casa que vivia na região rural no Durcelina, na manhã deste domingo (30), próximo ao posto fiscal de Aquidabã, em Ponta Porã, distante 323 quilômetros de Campo Grande. O suspeito pelo crime está foragido.

Conforme o site Ponta Porã Informa, o fogo atingiu três cômodos, sendo um quarto, a sala e a sala de estar. Na garagem da residência, foi localizada a caminhonete  da vítima que foi parcialmente consumida pelas chamas. O corpo de Maria Cristina foi encontrado no quarto. Na casa, havia uma mangueira e uma garrafa que, possivelmente, foram utilizadas para retirar o combustível do veículo e atear fogo na vítima.

Adolescente de 17 anos, filha de Maria, contou à polícia que foi dormir por volta das 4h da manhã, após a mãe chegar em casa na companhia de um homem, que provavelmente havia acabado de conhecer. Ela acordou somente com o cheiro da fumaça e ainda foi ao quarto tentar salvar a mãe, mas a mulher já havia morrido. Somente a perícia irá confirmar a causa da morte. Ainda não se sabe o motivo do crime. O caso será investigado pela Dam (Delegacia de Atendimento à Mulher). 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions