ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 16º

Interior

Policial militar é condenado a 16 anos por estuprar neta

Idoso, de 67 anos, abusou da criança por 6 meses quando ela ficava na casa dele 2 horas por dia

Por Mirian Machado | 06/07/2022 14:45
Coxim, cidade onde crime aconteceu e policial militar foi condenado. (Foto: Governo do Estado)
Coxim, cidade onde crime aconteceu e policial militar foi condenado. (Foto: Governo do Estado)

Um policial militar, de 67 anos, foi condenado a 16 anos de prisão em regime fechado por estuprar a própria neta de 10 anos em 2016 na cidade de Coxim, 260 km de Campo Grande.

Segundo o processo, o crime aconteceu por diversas vezes entre janeiro e junho daquele ano. Ele, que é avô paterno da vítima se aproveitada dela quando ela ficava na casa dos avós por duas horas todos os dias até que a mãe fosse busca-la.

A menina normalmente ficava com a avó materna, porém como ela teve que viajar, a criança passou a ficar com os avós paternos. A criança ficava aos cuidados deles entre 11h20 e 13h20, momento em que o policial abusava da neta, logo após o almoço enquanto a esposa dele dormia.

Ele passava as mãos nas partes íntimas da menina por dentro e baixo da roupa e colocava a mão dela no órgão genital dele. Em depoimento a criança contou que a situação aconteceu por diversas vezes.

Diante do ocorrido o policial foi condenado a 16 anos de reclusão em regime fechado.

Nos siga no Google Notícias