ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  30    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Preço do material escolar varia até 1.190%, mostra pesquisa do Procon

Maior variação foi verificada no preço do papel almaço, que custa de 10 centavos a R$ 1,29 nas livrarias e papelarias de Dourados

Por Helio de Freitas, de Dourados | 10/01/2017 09:47
Pesquisa do Procon foi feita em oito estabelecimentos da cidade (Foto: Arquivo)
Pesquisa do Procon foi feita em oito estabelecimentos da cidade (Foto: Arquivo)

O preço do material escolar varia até 1.190% em livrarias e papelarias de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande. É o que mostra a mais recente pesquisa do Procon, feita em oito estabelecimentos da cidade e divulgada nesta terça-feira (10).

A maior variação foi verificada no preço do papel almaço com e sem pauta. Cada folha custa de R$ 0,10 em uma livraria localizada na Rua Monte Alegre, no Jardim Paulista, a R$ 1,29 em um estabelecimento da Avenida Joaquim Teixeira Alves, no Centro.

O segundo produto da lista de materiais escolares com maior variação de preço é a borracha branca látex, que custa 9 centavos na livraria da Rua Monte Alegre e R$ 1,10 em uma papelaria da Rua João Cândido Câmara, na área central.

O papel para fichário também apresentou grande diferença de preço na pesquisa do Procon. A folha custa R$ 0,49 no mesmo estabelecimento da Monte Alegre e R$ 5,50 em uma livraria do Centro.

Além desses produtos, vários outros muito usados pelos estudantes apresentaram grande variação de preços, como o apontador de lápis sem depósito, que custa de R$ 0,15 a R$ 0,90 (diferença de 500%) e a lapiseira, que varia 564% - pode ser encontrada de R$ 0,70 a R$ 4,65.

O Procon verificou o preço de 74 itens. A livraria do Jardim Paulista apresentou o menor valor de 69 itens disponíveis – R$ 158,56. Já o maior valor, também de 69 dos 74 itens pesquisados, foi de R$ 230,90, em uma livraria em frente à Praça Antonio João.

Nos siga no Google Notícias