ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 13º

Interior

Prefeitura decreta emergência após cidade ser atingida por tempestade

Cerca de 100 famílias que vivem na zona rural do município foram prejudicadas com as fortes chuvas

Por Jhefferson Gamarra | 18/02/2021 17:45
Pelo menos cinco pontes de madeira foram levadas pela água (Foto: Marcos Maluf)
Pelo menos cinco pontes de madeira foram levadas pela água (Foto: Marcos Maluf)

A prefeitura de Corguinho, a 88 km de Campo Grande, decretou situação de emergência devido as fortes chuvas que atingem a cidade nesta quarta-feira (17). Conforme análise do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) aos dados da Agência de Meteorologia e Oceanografia dos Estados Unidos (NOAA) o volume diário de chuva em Corguinho foi de 60 mm, um volume considerável para pouco tempo e espaço de escoamento.

O decreto nº 011/2021 assinado pelo Coordenador Municipal da Defesa Civil, José Correia Salgado, publicado na edição de hoje (18), do Diário Oficial do Município “a situação anormal caracterizada como Situação de Emergência nas áreas do Município que foram atingidas pelas fortes chuvas ocorridos no dia 16 de fevereiro de 2021”

De acordo com o documento, ocorreram diversos desastres no município elevando rapidamente os níveis de diversos rios e córregos, provocando enxurradas e alagamentos, destruição e danificação de ruas, estradas, pontes e tubulações, causando danos e prejuízos públicos e privados, acarretando ainda a paralisação do transporte de carga bovinos, dificuldades de acesso as estradas vicinais, paralisação de serviços de saúde, paralisação de acesso ao turismo local, paralisação do escoamento de produtos da agricultura familiar por inundação e enxurradas.

No decreto de emergência que seguirá para homologação do governo de MS, fica determinado a compra de materiais e a contratação de mão de obra para a recuperação das áreas atingidas. Além disso os agentes da Defesa Civil poderão acessar às casas para prestar socorro aos moradores ou determinar pontos de evacuação imediata.

Transtornos - A chuva no município começou na madrugada da última terça-feira (16) e causou grandes estragos na cidade. Moradores das comunidades Boa Sorte e Formiga ficaram ilhados. Pelo menos cinco pontes de madeira que dão acesso a essas comunidades foram levadas pela água. Situação que prejudicou inúmeras famílias que vivem nas áreas rurais. O Rio Aquidauana que corta o município transbordou. Uma criança precisou da ajuda de adultos para atravessar de um ponto a outro e voltar para os braços da mãe. Carros ficaram submersos com o volume de água. Por sorte ninguém ficou ferido.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário