A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

03/02/2016 09:38

Prefeitura mantém calendário e 26 mil alunos iniciam ano letivo amanhã

Secretária disse que recursos já foram repassados para manutenção de escolas e centros de educação infantil de Dourados

Helio de Freitas, de Dourados
Estudantes da rede municipal de ensino de Dourados iniciam ano letivo amanhã (Foto: Divulgação)Estudantes da rede municipal de ensino de Dourados iniciam ano letivo amanhã (Foto: Divulgação)

Ao contrário da maioria dos municípios da região sul, que adiaram para 29 de fevereiro, assim como o governo do Estado, o início das aulas de 2016, Dourados, a 233 km de Campo Grande, manteve o calendário elaborado ainda no ano passado e vai abrir o ano letivo nesta quinta-feira (4).

Mesmo com muitas estradas da zona rural ainda sem recuperação após serem castigadas pelas chuvas, a prefeitura descartou a possibilidade de adiar o início das aulas. Dourados tem pelo menos 26 mil alunos que frequentam escolas do 1º ao 9º ano e centros de educação infantil que atendem crianças do berçário até o pré-escolar.

A secretária municipal de Educação, Marinisa Mizoguchi, informou que a prefeitura já repassou às APMs (Associações de Pais e Mestres) a primeira parcela de recursos para aquisição da merenda e para manutenção das escolas. Em Dourados, a compra da alimentação dos alunos e serviços de reparos são descentralizados e cada unidade recebe dinheiro para os gastos.

Segundo ela, um ofício foi enviado ainda em janeiro aos diretores, cobrando limpeza completa nas escolas para o início das aulas. Marinisa informou que também foi feito alerta sobre o decreto publicado no mês passado, cobrando do gestor de instituições públicas providências para evitar proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Conforme a secretária, com o início da aulas os estudantes da Rede Municipal de Ensino serão mobilizados para ajudarem no combate ao mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e zika Vírus. De 1º de janeiro ate segunda-feira (1º), 612 casos suspeitos de dengue foram notificados na cidade e 178 já foram confirmados.

Marinisa disse que serão desenvolvidos projetos como mutirões e concurso de redação nas salas de aula. O objetivo é transformar os alunos em multiplicadores de informações sobre a prevenção ao mosquito em casa.

A prefeitura anunciou que neste ano mais uma vez os alunos receberão uniforme, kit de material escolar e um par de tênis.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions