A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/05/2016 12:25

Preso por roubar caminhonetes, ladrão diz que trabalhar não paga conta

Três homens foram presos pelo SIG acusados de pelo menos três assaltos em Dourados e um quarto envolvido está sendo procurado

Helio de Freitas, de Dourados
Os três homens acusados de roubo de caminhonetes foram presos pelo SIG (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)Os três homens acusados de roubo de caminhonetes foram presos pelo SIG (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

Steferson Souza Gabriel, 21, um dos três homens presos ontem (2) pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil acusados de roubar caminhonetes em Dourados para vender a receptadores da fronteira, disse que recorreu ao crime para ganhar dinheiro.

Morador na Vila Rosa, na região norte da cidade, o rapaz foi preso junto com outros dois cúmplices de crimes – Alan Patrick Alves da Silva, 23, residente no Jardim Porto Belo, e Rafael Alves Batista da Silva, 33, morador na Vila Cachoeirinha.

“Trabalhando eu não conseguia ganhar dinheiro para pagar as contas”, afirmou Steferson Gabriel em entrevista à rádio Grande FM, na manhã de hoje. Segundo a polícia, um quarto integrante do bando já foi identificado, mas está foragido.

De acordo com o SIG, a quadrilha de Steferson Gabriel foi a responsável pelo assalto ocorrido na noite de domingo (1º) na Sitioca Ouro Fino, na saída para Caarapó, de onde os bandidos levaram uma caminhonete F350 branca e R$ 900 em dinheiro.

Os três moradores da casa, entre eles uma menina de oito anos, ficaram sob a mira de armas e foram deixados trancados enquanto o bando fugia com a caminhonete.

Também é atribuído ao grupo o roubo de uma caminhonete S10, ocorrido no dia 29 de abril deste ano próximo à estação de tratamento da Sanesul.

A quadrilha também é acusada de tentar roubar uma Toyota Hilux na Rua Manoel Santiago, na Vila Esperança, na semana passada. Durante o assalto, o dono da caminhonete, um comerciante de 44 anos, tentou enganar os assaltantes e entregou a chave de uma Kombi. Como não conseguiram abrir a Hilux, os assaltantes agrediram o comerciante e um cliente que estava no local.

Os veículos roubados ficavam escondidos em uma casa mantida por Rafael Alves Batista da Silva numa sitioca na região sul da cidade e de lá eram levados para o Paraguai.

Assaltantes fazem casal e criança de reféns para roubar caminhonete
Uma família que mora na Sitioca Ouro Fino, na região da Embrapa Agropecuária Oeste, saída de Dourados para Caarapó, passou momentos de terror nas mão...
Assaltantes mantêm três pessoas como reféns para roubar caminhonete
Três pessoas foram assaltadas e mantidas como reféns na noite deste domingo (3) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Os três bandidos, dois deles a...
Ação pede a transferência de presos detidos na delegacia de Bonito
O MPE (Ministério Público Estadual) ingressou com ação civil pública pedindo à Justiça que determine a transferência imediata de todos os presos prov...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions