ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SÁBADO  29    CAMPO GRANDE 23º

Interior

Proprietário viaja e deixa papagaio sem água e comida em Cassilândia

Por Fernando da Mata | 21/02/2012 14:52

Ave estava faminta e desidratada, diz PMA. Dono responderá por manter animal silvestre ilegalmente em cativeiro e, possivelmente, por maus-tratos

Papagaio preso em gaiola nos fundos da residência (Foto: Divulgação/PMA)
Papagaio preso em gaiola nos fundos da residência (Foto: Divulgação/PMA)

Um papagaio-verdadeiro foi resgatado pela PMA (Polícia Militar Ambiental), na segunda-feira (20), em uma casa na Vila Izanópolis, em Cassilândia, distante 418 km de Campo Grande.

Segundo a PMA, o proprietário viajou há alguns dias e deixou a ave sem água e comida em uma gaiola nos fundos da residência.

Os policiais ambientais serraram uma corrente da porta da cozinha da casa e recolheram o papagaio, que estava faminto e desidratado, de acordo com a PMA.

A ave está sendo tratada e será encaminhada ao CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), em Campo Grande.

O caso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Cassilândia para que o proprietário, ao chegar de viagem, seja responsabilizado pelos crimes ambientais de manter animal silvestre ilegalmente em cativeiro e, possivelmente, por maus-tratos.

Além de ser penalizado criminalmente, o dono do papagaio recebeu multa de R$ 1 mil.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário