A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

01/10/2019 10:56

Recém-nascido abandonado em terreno baldio pesou 3,3 quilos e está bem

Menino está na Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal do HU e passará por exames; polícia investiga o caso

Helio de Freitas, de Dourados
Adriana, enfermeira do Samu, segura menino encontrado em caixa de papelão, na madrugada de hoje (Foto: Divulgação)Adriana, enfermeira do Samu, segura menino encontrado em caixa de papelão, na madrugada de hoje (Foto: Divulgação)

Pesou 3.308 gramas o recém-nascido encontrado na madrugada de hoje (1º) em uma caixa de papelão em terreno baldio em Dourados, a 233 km de Campo Grande. O menino está internado no HU (Hospital Universitário) da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados).

Segundo comunicado da equipe assistencial que acompanha o caso, o bebê é recém-nascido, saudável e clinicamente está muito bem.

“O bebê está na Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (UCI Neo) apenas em virtude de estar sem acompanhante, e, por conta de não haver histórico da gestação, passará por alguns exames”, afirma o HU.

Ainda segundo o hospital, a criança foi levada à unidade por equipe do Samu (Serviço Móvel de Urgência) e o caso está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar.

A Polícia Civil vai instaurar inquérito para investigar o caso. O delegado titular da 1ª Delegacia de Polícia, Adilson Stiviguitis, disse ao Campo Grande News que um inquérito será instaurado para apurar crime de abandono de incapaz, crime previsto no artigo 133 do Código Penal, com pena de seis meses a três anos de detenção.

O coordenador do Samu em Dourados, médico Renato Vidigal, disse que o rapaz que encontrou o recém-nascido no terreno baldio ligou para o 192 por volta de 2h40 da madrugada. Ele relatou ter ouvido o choro do bebê e ao se aproximar descobriu que tinha uma criança na caixa de papelão.

“Ouvi a gravação da chamada. O rapaz telefonou para o Samu muito bem orientado, calmo, relatando que tinha achado a criança dentro da caixa de papelão. O médico do Samu, o doutor Humberto, de imediato mandou a ambulância até o local e enquanto o veículo se deslocava ele foi orientando o rapaz a manter a criança aquecida até a chegada da ambulância”, afirmou Renato Vidigal ao Campo Grande News.

O médico disse que o recém-nascido foi encontrado bem, ainda com o cordão umbilical. “Não havia sido cortado, mas quem fez o parto deu um nó no cordão umbilical”, explicou Vidigal. O bebê foi enrolado em manta térmica para ser levado ao hospital.

Terreno – O local onde o recém-nascido foi abandonado, um terreno baldio localizado no cruzamento das ruas Antônio Emílio de Figueiredo e Firmino Vieira de Matos, no centro de Dourados.

À noite, o espaço é frequentado por dependentes químicos e serve também de ponto de encontro para prostituição, segundo moradores e comerciantes vizinhos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions