A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2017

13/01/2015 21:56

Reunião sobre dívidas da UFN3 com fornecedores não foi confirmada

Vania Galceran

Diretores da Petrobras deveríam se reunir na tarde de hoje (13), em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo grande, para resolver a questão da dívida com fornecedores da obra da UFN3 (Unidade de Fertilizantes Nitrogenados), que chega a R$ 12 milhões. Em todo o Estado, o consórcio deve aproximadamente R$ 25 milhões à fornecedores.

O encontro, que aconteceria na sede da ACTL (Associação Comercial e Empresarial de Três Lagoas), com participação do presidente da entidade, Atílio D’Agosto, e da prefeita da cidade, Márcia Moura, não foi confirmado até agora.

Desde às 15h o Campo Grande News tenta contato com a prefeita do município, com o secretário de Desenvolvimento, Luciano Dutra, mas nenhum retorno foi conseguido.

A equipe de reportagem ainda tentou falar com a assessoria de imprensa da prefeitura e com o diretor de Indústria e Comércio, Diógenes Martins, mas todos telefones estavam desligados até o fechamento desta matéria.

A Associação Comercial de Três Lagoas se reuniu no último dia 6 com os empresários que têm créditos a receber do consórcio para elaboração de planilha a ser entregue aos diretores da Petrobras e das empresas Sinopec e Galvão, que comandavam a obra da UFN3, agora paralisada.

Em entrevista recente ao Campo grande News, Atílio, presidente da associação comercial da cidade, disse que a reunião demonstrava interesse da Petrobras em resolver o impasse e começar a quitar as dívidas. “Depois, com a planilha em mãos, eles [estatal e empresas devedoras] farão um cronograma de pagamentos”, detalhou na ocasião.

Dívidas - Há empresários que ficaram endividados para atender o consórcio. Em dezembro, o proprietário de um hotel em Três Lagoas, acorrentou dois veículos pertencentes ao Consórcio UFN3, como formar de garantir o pagamento da dívida.

“Esperamos, ansiosos, o desfecho dessa reunião e que tenha uma definição com relação ao que nos é devido”, comentou um dos empresários fornecedores da obra, Charly Kipgen.

De acordo com um jornalista da cidade de Três Lagoas, que também está acompanhando o caso, até o final da tarde a equipe não havia recebido nenhuma informação sobre a reunião. Já a assessora da prefeita está em férias e não soube dar mais informações sobre a reunião.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions