A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/06/2016 11:21

Saúde investiga se mulher de 39 anos que morreu dia 17 tinha gripe A

Vigilância Epidemiológica informou que paciente ficou seis dias internada com sintomas da doença; Dourados já confirmou três mortes por H1N1 neste ano

Helio de Freitas, de Dourados

O Departamento de Vigilância Epidemiológica de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, investiga mais uma morte por suspeita de gripe transmitida pelo vírus H1N1. Uma mulher de 39 anos, moradora no Jardim Santo André, morreu no dia 17 deste mês após ficar seis dias internada no Hospital da Vida.

De acordo com o coordenador do departamento, Devanildo de Souza, a paciente tinha os sintomas da gripe H1N1, mas o resultado do exame ainda não ficou pronto.

De janeiro até agora, três mortes causadas pela influenza foram confirmadas na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul. Todas ocorreram em junho.

A primeira vítima da doença foi um homem de 52 anos, que morreu no dia 7 depois de ficar uma semana hospitalizado. Ele tinha problemas de pele que reduzem a imunidade do corpo. Três dias depois, um homem de 48 anos morreu após duas semanas na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

A terceira morte por gripe H1N1 foi confirmada na semana passada. Uma mulher de 81 anos, moradora no Jardim Clímax, morreu no dia 4 deste mês depois de ficar nove dias internada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions