A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 28 de Maio de 2017

29/08/2015 19:55

Senador e deputados federais buscam mediar conflito na fronteira

Antonio Marques
O senador Moka esteve hoje participando de reunião no Sindicato Rural de Antonio João para tentar uma mediação entre os fazendeiros e os índios que ocupam as propriedades desde a semana passada (Foto: Marcos Ermínio)O senador Moka esteve hoje participando de reunião no Sindicato Rural de Antonio João para tentar uma mediação entre os fazendeiros e os índios que ocupam as propriedades desde a semana passada (Foto: Marcos Ermínio)

O senador Waldemir Moka (PMDB) e os deputados federais Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Tereza Cristina (PSB), membros da bancada ruralista no Congresso Nacional, estiveram hoje em Antonio João para tentar mediar uma solução pacífica entre os produtores e indígenas, que ocuparam na semana passada três propriedades na região da fronteira com o Paraguai.

Os três participaram de uma reunião no Sindicato Rural do município, porém não puderam se pronunciar aos cerca de 200 produtores presentes em razão de a presidente do sindicato, Roseli Maria Ruiz, ter encerrado o evento antes mesmo das falas dos parlamentares, diferente do que publicou o site Ponta Porã Informa e informado pelo Campo Grande News anteriormente.

Segundo o senador Moka, no momento em que Roseli Ruiz terminou seu “desabafo emocionada” diante da indignação de ter sua propriedade ocupada pelos índios, ela convidou todos os produtores e as autoridades para segui-la até a Fazenda Piquiri, de sua propriedade para retomar a sede.

Conforme o senador, neste momento acabou a reunião, antes mesmo dele dizer que havia a expectativa de votação nas próximas semanas da PEC 71, que possibilita o governo federal de indenizar o valor das benfeitorias e da terra nua e assim evitar os conflitos.

Moka disse entender a indignação de Roseli Ruiz, “que teve sua propriedade invadida”, e não entraria no mérito dos fatos que levaram a ocupação da fazenda. “Queríamos ter a oportunidade de conversar e propor uma saída sem conflito”, declarou.

O senador disse que decidiu permanecer no sindicato e conversar com aqueles produtores que também permaneceram no local, perto de um terço do total que estava no início da reunião. Da mesma, a deputada federal Tereza Cristina também ficou, enquanto o deputado Mandetta seguiu com o grupo de produtores até a Fazenda Piquiri, na tentativa de mediação e evitar conflito.

Waldemir Moka e Tereza Cristina retornaram para Campo Grande no início da tarde e o deputado Mandetta no final do dia. A reportagem tentou falar com a presidente do Sindicato Rural durante a tarde, mas o telefone estava na caixa postal.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions