ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Sucuri nada em avenida após temporal alagar ruas e transbordar rio

Com acumulado de 277,2 mm, em Rio Brilhante, já choveu mais do que o esperado para todo o mês de janeiro

Por Adriano Fernandes | 19/01/2021 20:50


O acumulado de chuvas em Rio Brilhante, município que fica a 163 quilômetros de Campo Grande, já é maior do que o esperado para todo o mês de janeiro. A chuvarada é tanta que até um filhote de sucuri já foi flagrado por moradores em uma avenida da cidade, nesta terça-feira (19).

A expectativa da meteorologia era de que caíssem 185,1 milímetros de água no primeiro mês do ano, na cidade, mas a soma de chuvas já bateu a marca de 277,2 milímetros. Somente nos últimos 3 dias choveu 142,6 milímetros na cidade, conforme o meteorologista Natalio Abrahao.

Nesta quinta-feira (19), um morador flagrou um filhote de sucuri por volta das 11h na Avenida Benjamin Constant ao lado da ponte do córrego Araras, que transbordou.  “Ela devia ter um metro ou pouco mais”, disse o leitor ao site Rio Brilhante em Tempo Real.

Ontem (18) os pluviômetros registram a marca de 78,2 milímetros e a previsão é de mais chuva forte até sexta feira (22) com média de 75 mm. Ruas também ficaram alagadas e teve até um morador que saiu de casa utilizando caiaque.  

Chuvarada - O quantitativo de chuvas nas cidades de Ivinhema e Nova Andradina também já está próximo de atingir a marca esperada para todo o mês, ainda segundo o meteorologista. Entre os dias 17 a 19 de janeiro o total de chuvas somou 94,7 milímetros. O acumulado no mês já está em 154,9 milímetros quando o esperado é de 189,5 por todo o janeiro.

Alerta - Mato Grosso do Sul segue em alerta de chuvas intensas até às 16h (MS) desta quarta-feira (20), conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Em 75 municípios é esperado chuva entre 30 e 60 mm, ventos intensos (60-100 km/h). Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário