ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Suspeito de invadir casa e matar desafeto é preso tentando fugir da cidade

Crime aconteceu na madrugada do último domingo (19), numa casa na Rua Recife, na Vila Áurea

Por Viviane Oliveira | 23/09/2021 11:06
Viaturas na Delegacia de Poícia Cilvil, que prendeu jovem enquanto tentava fugir da cidade. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Viaturas na Delegacia de Poícia Cilvil, que prendeu jovem enquanto tentava fugir da cidade. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Demétrio Santos de Andrade Júnior, de 20 anos, suspeito de invadir casa e matar Ayslan Riquelme Miguel, na madrugada do último domingo (19), em Ponta Porã, foi preso em flagrante horas após o homicídio, na MS-164, próximo ao posto Aquidaban, tentando fugir da cidade.

Os policiais faziam barreira, referente à operação “Fronteiras e Divisas”, quando foram informados por um motorista de aplicativo de que o passageiro havia descido do carro ao avistar a equipe policial. Em buscas pela região, o autor foi localizado às margens da rodovia e, ao ser indagado, confessou o crime, indicando onde estava a arma usada no assassinato. Homem de 40 anos que estava com a pistola também foi preso por comércio ilegal de arma de fogo.

Caso - Ayslan, de 22 anos, que tinha várias passagens pela polícia, foi morto com três tiros na casa onde vivia, localizada na Rua Recife, na Vila Áurea. Conforme boletim de ocorrência, a vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Regional, mas não resistiu. Testemunhas contaram à polícia, que o suspeito invadiu a casa de Ayslan gritando: “Sai daí safado” e, na sequência, disparou 3 vezes contra a vítima.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário