A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/10/2016 14:42

Trabalho integrado entre pais e alunos garante boa nota de escola no Enem

Escola estadual de Amambai longe do Centro, teve a melhor nota do Enem do Estado

Renata Volpe Haddad
(Foto: Reprodução Facebook)(Foto: Reprodução Facebook)

A Escola Estadual Dom Aquino Corrêa, que obteve a melhor nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2015 entre as estaduais de Mato Grosso do Sul, fica em área urbana afastada do Centro de Amambai, distante 360 km de Campo Grande. A escola, que teve média de 571,68 pontos, vê na integração com os pais um caminho para o bom desempenho.

De acordo com a diretora adjunta do colégio, Márcia Loli Ritter, o que leva a escola a ter destaque é o trabalho em conjunto dos funcionários, além da participação ativa dos pais. "O resultado é fruto do nosso trabalho para manter a qualidade de ensino, mantendo uma boa média dos alunos, junto com o trabalho dos professores, coordenação e estudantes", avalia.

A participação efetiva dos pais também ajuda a manter os alunos na 'linha'. "Com os pais presentes, notamos que os alunos não faltam, prestam mais atenção nas aulas e isso resulta nas notas das provas", explica a diretora conjunta.

São 775 alunos matriculados na escola e 162 no Ensino Médio. O prédio é novo, e está há dois anos também em uma área nova do município, loteamento Fração de Chácara. Márcia explica que a escola fica longe do centro da cidade.

"Aqui é um local isolado, não tem moradia em volta, mas o prédio é novo e mesmo com a mudança, o rendimento presencial dos alunos não caiu. Inclusive, temos alunos moradores de Coronel Sapucaia que estudam aqui, porque consideram o ensino melhor".

No ranking nacional entre escolas públicas e privadas, de 14.998 colégios, a escola Dom Aquino Corrêa ficou em 2.198. Foram avaliadas 274 escolas em Mato Grosso do Sul.

As médias usadas na matéria levam em conta o desempenho nas quatro áreas do conhecimento exigidas na prova: linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias.

Também em Amambai, a pior nota no ensino estadual foi a Escola Indígena Mbo Eroy Guarani Kaiowá. Localizada na área rural do município, a média dos alunos no Enem foi de 435,07. A reportagem do Campo Grande News tentou entrar em contato com a diretora do colégio, mas até o fechamento desta reportagem, não obteve sucesso.

O prédio da Escola Estadual Dom Aquino Corrêa é novo e está localizado em área afastada do centro de Amambai. (Foto: Divulgação)O prédio da Escola Estadual Dom Aquino Corrêa é novo e está localizado em área afastada do centro de Amambai. (Foto: Divulgação)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions