ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  21    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Tratorista é morto a tiros por filho de colega em alojamento de fazenda

Suspeito é filho de um homem que havia sido contratado para fazer cerca na fazenda onde vítima trabalhava

Por Ana Paula Chuva | 04/12/2023 12:59
Ozadil trabalhava como tratorista na fazenda e foi morto a tiros (Foto: Reprodução | Redes sociais)
Ozadil trabalhava como tratorista na fazenda e foi morto a tiros (Foto: Reprodução | Redes sociais)

Ozadil Bispo da Silva Filho, 45 anos, foi morto a tiros na noite do último sábado (2), após briga em com colega em alojamento de uma fazenda a 130 quilômetros de Sonora, cidade distante 362 km de Campo Grande, na divisa com Mato Grosso. O suspeito foi identificado como Douglas Meira de Souza e fugiu do local. O caso só foi divulgado nesta segunda-feira (4).

Conforme o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada pelo dono da fazenda que estava em Sonora e soube pelos funcionários do local que um dos trabalhadores havia sido morto no alojamento. Os militares foram ao local e acionaram a Polícia Civil.

No local, o dono da fazenda contou que contratou o pai de Douglas para trabalhar como cerqueiro e, inclusive, os trabalhos já estavam finalizados. O rapaz estaria ficando no local, porém sem nenhum vínculo trabalhista. Já Ozadil era funcionário da propriedade.

Segundo o fazendeiro, um outro funcionário afirmou que na tarde do sábado ele, Ozadil e Douglas foram até um barzinho a alguns quilômetros da fazenda, onde ficaram ingerindo bebidas alcoólicas até por volta das 20h. O trio então decidiu ir embora no carro do suspeito, mas por ele estar muito bêbado, não o deixaram dirigir.

O rapaz ficou irritado e começou a discutir com os dois homens alegando que o carro era seu. Ele chegou a puxar o freio de mão para tentar parar o veículo até que por volta das 20h30 chegaram na fazenda. Ozadil então foi jantar na cantina e o outro trabalhador tomar banho.

Por volta das 22h, Ozadil estava voltando da cantina e Douglas estava em frente ao dormitório. O colega então ouviu tiros e viu o suspeito entrando no local indo atrás dele. Ele correu e pulou pela janela, seguindo em direção a um barracão onde se escondeu debaixo de um trator.

Já escondido, ele viu Douglas atirando novamente na cabeça da vítima que estava caída no chão. Em seguida, o suspeito entrou em seu veículo e fugiu do local. Outros funcionários relataram que ouviram os disparos e viram o homem caído no dormitório. A arma usada no crime seria de pressão adaptada para calibre 22.

O caso foi registrado como homicídio simples na Delegacia de Polícia Civil de Sonora. O suspeito está sendo procurado. A vítima trabalhava como tratorista na fazenda e era natural de Pedro Gomes.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias