A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

16/08/2018 10:54

Três são presos na BR-463 levando carro de padre para o Paraguai

Os três moradores da reserva indígena de Dourados foram presos pela PRF no Posto Capey; condutor confessou o assalto

Helio de Freitas, de Dourados
Gol prata roubado após padre ser espancado em Dourados (Foto: Divulgação/PRF)Gol prata roubado após padre ser espancado em Dourados (Foto: Divulgação/PRF)

Três índios, sendo dois maiores de idade e um adolescente, foram presos nesta manhã na BR-463, no município de Ponta Porã. Eles estavam com o Gol prata ano 2013, roubado na noite de ontem (15) do padre Alexssandro da Silva Lima, 36, que foi espancado durante o assalto contra sua casa, em Dourados.

O carro, registrado em nome da Mitra Diocesana de Dourados, foi recuperado por policiais rodoviários federais no Posto Capey, já no município de Ponta Porã. Os três estão sendo trazidos para a 1ª Delegacia de Polícia Civil, em Dourados.

De acordo com a PRF, os policiais já tinham sido informados sobre o assalto e quando abordaram o carro o condutor, Tiago Lula Paiva Flores Garcia, 18, confessou o assalto. No Gol estavam o adolescente de 17 anos e Sandiomar Garcia Lima, 20 anos.

Acusado de vários crimes, o menor tinha saído da Unei (Unidade Educacional de Internação) há menos de 30 dias. Tiago também tem vários antecedentes criminais. Sandiomar e o adolescente negaram participação no assalto e disseram que apenas acompanhavam Tiago até o Paraguai. O menor completa 18 anos no dia 21 deste mês.

Assaltado e agredido - Por volta de 22h de ontem, o padre Alexssandro de Lima foi espancado ao chegar à sua casa na Rua Adroaldo Pizzini, no Jardim São Pedro, bairro próximo da área central.

De acordo com a vítima, o bandido armado estava dentro da casa. Quando entrou, o padre foi rendido e levado para o quarto, onde foi agredido com coronhadas na cabeça.

O assaltante levou o relógio, o celular e o Gol prata placas OOG-4652, pertencente à Mitra Diocesana. Depois que o bandido fugiu, o padre correu para a rua pedindo socorro e foi levado por um vizinho ao Hospital Evangélico, perto do local do assalto.

Tiago Garcia (à direita), que confessou assalto, e Sandiomar, que estava no carro roubado (Foto: Divulgação)Tiago Garcia (à direita), que confessou assalto, e Sandiomar, que estava no carro roubado (Foto: Divulgação)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions