A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

07/10/2016 22:26

Trio que seria integrante do PCC é expulso do Paraguai e enviado ao Brasil

Fernanda Yafusso
Supostos integrantes do PCC foram entregues à Polícia Federal brasileira (Foto: Porã News)Supostos integrantes do PCC foram entregues à Polícia Federal brasileira (Foto: Porã News)

Os três homens que supostamente seriam integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital), facção criminosa que age dentro e fora de presídios, e que estavam presos desde o começo da semana no Paraguai, foram expulsos do país vizinho e entregues na tarde de hoje à Polícia Federal brasileira.

De acordo com informações do site Porã News, os homens foram expulsos do país paraguaio após agentes do serviço de inteligência da Polícia Nacional de Pedro Juan Caballero, receberem informações que o grupo criminoso se preparava para resgatar dois, dos três integrantes presos.

O trio foi expulso pela justiça e entregue aos agentes da Policia Federal de Ponta Porã. A expulsão foi acompanhada pelo Consul, Ruben Fonseca Martinez e o assessor jurídico Gustavo Villalba, do consulado brasileiro em Pedro Juan Caballero. 

O caso - Os homens presos na fronteira foram identificados, segundo o site Porã News, como sendo Ider Ricardo Porto de 23 anos, Osmar Huchek, que apresentou documento falso em nome de Alessandro Rodrigues Piazza, e Ricardo Farias Caldeira vulgo Baiano, que tem passagens pela polícia e estava proibido de sair do território brasileiro.

Eles estavam em uma caminhonete L200 com placas de Maringá (PR). Um áudio de um susposto integrante da facção foi divulgado em uma aplicativo na última terça-feira (4).

Nele, um homem que se identifica como sendo "Véio do PY de Capitan Bado", uma espécie de "salve geral", comando dado pela direção do crime organizado, a integrantes do PCC pede ajuda para resgatar dois dos três homens que estavam em poder da polícia local.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions