ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEXTA  19    CAMPO GRANDE 27º

Interior

Carros de luxo, caminhões e até Chevette são confiscados em ação contra tráfico

Frota usada para fazer entrega de materiais de construção de loja famosa de Dourados também foi apreendida

Por Helio de Freitas, de Dourados | 15/05/2024 16:36


Um Chevette vermelho, item de colecionador, está entre os veículos apreendidos pela Polícia Federal nesta quarta-feira (15) em Dourados, a 251 km de Campo Grande, uma das 27 cidades de 11 estados brasileiros onde foram cumpridos mandados no âmbito das operações Sordidum e Prime.

A organização criminosa é investigada por tráfico internacional de drogas e armas, evasão de divisas, falsificação de documentos públicos e até tortura. Durante três anos de investigação, a PF identificou ao menos seis toneladas de cocaína enviadas pelo grupo a países da América Central.

Além do Chevette vermelho, levado de caminhão-guincho para a Delegacia da PF, em Dourados também foram apreendidos carros de luxo como um Dodge Challenger e duas BMW, moto esportiva, uma caminhonete RAM, vários modelos SUV e quatro caminhões (veja o vídeo acima).

Um deles é da empresa Efraim Incorporadora e Construtora e três da Primeira Linha Acabamentos, loja famosa localizada na Avenida Weimar Gonçalves Torres, no centro. Uma picape da Primeira Linha também foi apreendida. A PF ainda não divulgou o balanço da operação, mas joias, relógios de luxo, armas, munições e dinheiro em espécie foram apreendidos.

Joias, relógios, dinheiro, cheques e até faca de churrasco apreendidos (Foto: Divulgação)
Joias, relógios, dinheiro, cheques e até faca de churrasco apreendidos (Foto: Divulgação)

Presos – O Campo Grande News apurou que em Dourados foram presos os empresários Claudinei Tolentino Marques, Marcel Martins Silva e Carlos José Alencar Rodrigues. Havia informação inicial de que um policial militar também teria sido preso, mas a prisão não foi confirmada. Ele segue apenas como investigado.

Claudinei é dono da Referência Construtora e Incorporadora, localizada na Avenida Dom Redovino Rizzardo, na região de condomínios de luxo da cidade.

O advogado dele, Luiz Gustavo Bataglin Maciel, confirmou a prisão ao Campo Grande News, mas disse esperar tomar conhecimento da integralidade da investigação para se manifestar.

Carlos José, o Carlinhos, como é conhecido, é sócio da Primeira Linha Acabamentos. Equipes da PF estiveram nas duas lojas e também na sede da Efraim Incorporadora (Bairro Chácaras Trevo) e na Focco Imobiliária (na Weimar Gonçalves).

A Efraim tem como sócios Marcel Martins Silva e Alexander Souza. Marcel também é sócio de Carlos Rodrigues na Primeira Linha. A maioria dos veículos foi apreendida em dois condomínios de luxo da região norte – Porto Madero onde mora Claudinei e Porto Unique.

Os presos já foram levados para Campo Grande. Os mandados de prisão, de busca e apreensão, de sequestro e de confisco de bens foram expedidos pela 5ª Vara da Justiça Federal em Campo Grande.

*Matéria alterada às 11h18 de 16/05/2024 para correção de informações.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias