ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 13º

Interior

Vídeo mostra moto de PM arrastada por camionete depois de bronca no trânsito

Segundo esposa da vítima, a moto foi arrastada por 30 metros. Suspeito tentou dar ré, mas fugiu após PM atirar

Por Mirian Machado | 05/05/2021 15:07

Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento em que o condutor de uma caminhonete tenta atropelar PM de 31 anos, após levar uma bronca no trânsito por dirigir de maneira perigosa nas ruas de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande.

O caso aconteceu na semana passada, mas só agora, depois das imagens divulgadas, o caso deverá ser investigado como tentativa de homicídio.

Nas imagens, é possível ver o momento em que a caminhonete bater na lateral e arrasta a motocicleta. Em seguida o condutor dá ré, mas desvia do veículo e segue viagem

Ao Campo Grande News, ainda tentando entender tamanha violência, a mulher contou que é casada com o PM há 13 anos e ambos tem duas filhas, de 6 e 12 anos.

Segundo a esposa da vítima, de 35 anos, a família abriu há quase dois meses um delivery de lanches. No dia do crime, a mulher já havia encerrado o expediente e liberado a entregadora, porém um cliente, amigo da família, fez um pedido e o marido se dispôs a fazer a entrega, já que a aguardava para ir embora.

Após a entrega, a vítima conversava com o cliente quando ambos escutaram o condutor da caminhonete fazendo manobras perigosas, acelerando o veículo, cantando pneu e fazendo ‘zerinho’. O motorista chegou a passar pela dupla.

Na hora de ir embora, o militar ficou lado a lado com o motorista da caminhonete onde teria lhe chamado atenção por estar fazendo barulho próximo das residências naquele horário.

Ainda conforme a comerciante, o homem não teria respondido., mas no momento em que o marido deu seta para virar à esquerda, o suspeito também virou em cima do motociclista.

Momento em que a caminhonete colide na motocicleta (Reprodução)
Momento em que a caminhonete colide na motocicleta (Reprodução)

“Quando e meu marido percebeu, ele pulou da moto. O cara arrastou o veículo por 30 metros e quando viu meu marido em pé, ainda deu ré . Foi aí que ele sacou a arma e atirou no veículo e o cara fugiu”, detalhou a esposa, ainda assustada.

A mulher só soube quando o marido chegou em casa. “Ele não me ligou na hora para contar porque tenho problemas de saúde, mas continuo assustada. Ele arrastou a moto por 30 metros. Ninguém teria sobrevivido a isso. E se meu esposo não tivesse pulado da moto? O que eu iria falar para as nossas filhas? Minha maior indignação é a sensação de impunidade. Meu marido é humano, filho, marido e pai”, exclamou.

A motocicleta, que havia passado por manutenção há dez dias, ficou muito danificada, sem os pezinhos, escapamento, amortecedora, ferros de proteção entre outros. “Graças a Deus não aconteceu nada de pior com ele. Ele só teve escoriações. Nosso maior prejuízo é financeiro, mesmo assim ainda é preocupante porque a moto faz parte do serviço de entregas”, contou.

A preocupação da família nesse momento é encontrar o responsável. Segundo a mulher, provavelmente na traseira da caminhonete haverá três perfurações, dos tiros disparados pelo marido para tentar conter o suspeito.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário