ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  09    CAMPO GRANDE 20º

Interior

Vigilância Sanitária interdita 7 lanchonetes na feira Brasil-Bolívia

Por Ricardo Campos Jr. | 16/12/2010 13:01

Foram encontradas irregularidades na manipulação de alimentos

São 9 locais que trabalham com alimentação no local (Foto:Anderson Gallo/Diário On-line)
São 9 locais que trabalham com alimentação no local (Foto:Anderson Gallo/Diário On-line)

Sete estabelecimentos que vendem alimentos na feira Brasil-Bolívia em Corumbá, cidade que fica a 419 quilômetros de Campo Grande, foram interditados em uma ação da Vigilância Sanitária na manhã desta quinta-feira (16).

O local, que é conhecido como ponto de comércio de roupas, brinquedos, e outros produtos, é chamado popularmente de “feirinha”. São 9 locais que trabalham com alimentação no local, segundo informações do site Diário On-line.

Durante a fiscalização, foram realizadas sete interdições e três notificações. Os casos mais graves, que oferecem riscos à saúde, estão relacionados às ocorrências de falta de higiene, destino da água servida (usada) e acondicionamento de produtos.

 Vigilância Sanitária interdita 7 lanchonetes na feira Brasil-Bolívia

"O que estamos verificando aqui é que existem questões ambientais, de estrutura física, da má manipulação dos alimentos que podem acarretar um surto de intoxicação alimentar para os consumidores”, disse o chefe do setor de Vigilância Sanitária Hélvio de Barros Junqueira.

As ações originaram-se após denúncias de irregularidades. O presidente da Feira Brasil-Bolívia Jimmy Antezana acompanhou a fiscalização e disse aprová-la. "Penso que a gente tem que se adequar porque é parte de saúde, alimento manipulado. Eu vou falar com eles (proprietários de estabelecimentos) porque tudo o que é fiscalizado em benefício da gente é bem recebido”.

(Com informações do site Diário On-line)