A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/01/2016 08:33

Vítimas mantidas em cárcere estavam presas em casa há três meses

Liana Feitosa
Felisbino Rudes Pires está preso na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã. (Foto: MS Aqui News)Felisbino Rudes Pires está preso na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã. (Foto: MS Aqui News)

A mulher que foi vítima de cárcere privado pelas mãos de Felisbino Rudes Pires, de 47 anos, é casada com ele há 20 anos, segundo a polícia de Aral Moreira, que atendeu o caso. O homem foi preso na quarta-feira (27) depois de manter a esposa trancada em casa por cerca de três meses.

De acordo com informações da polícia fornecidas ao Campo Grande News, na residência do casal ficavam encarceradas, principalmente, a esposa de Felisbino e o filho deles, um menino de 6 anos.

Vítimas - Além de mãe e filho, Felisbino também controlava a liberdade de outra filha, uma jovem de 18 anos. Cansada da situação, ela denunciou o caso para uma tia, que é conselheira tutelar, que decidiu intervir.

A conselheira decidiu ir até à residência nesta semana, onde também acabou encarcerada pelo autor. No entanto, havia informado à polícia os planos que tinha, o que permitiu a prisão do acusado.

Ainda segundo a polícia, o homem sempre apresentou histórico de agressividade e uso abusivo de bebidas alcoólicas.
Agora, a polícia planeja pedir a prisão preventiva do autor. Com ele também foi encontrada uma arma, usada para intimidar as vítimas.

O caso é comandado pela Polícia Civil de Ponta Porã, onde o acusado está preso.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions